Coritiba reclama, e muito, da arbitragem

O empate em 1 a 1 entre Coritiba e Fluminense, na noite deste domingo, no Couto Pereira, foi marcado, mais uma vez, por ..

Roger Pereira - 23 de outubro de 2016, 20:23

O empate em 1 a 1 entre Coritiba e Fluminense, na noite deste domingo, no Couto Pereira, foi marcado, mais uma vez, por polêmica em relação à arbitragem. A expulsão do atacante Kléber, aos 41 minutos do primeiro tempo, três minutos após o jogador ter entrado na partida, foi a grande reclamação de jogadores e dirigentes alvi-verdes.

Kleber foi expulso, supostamente, por ter ofendido o árbitro, Raphael Claus, o que o atacante jura não ter acontecido. Segundo o jogador, os palavrões foram dirigidos a seu companheiro de time João Paulo. "O João tinha me dado um passe e eu cobrei para ele se aproximar. Eu xinguei ele, e o João me xingou", disse. "Foi a maior injustiça que eu já sofri na minha carreira", lamentou.

O gerente de futebol do Coritiba, Alex Brasil, também esbravejou. "Esse mesmo árbitro foi o mesmo que não marcou um pênalti escandaloso no ano passado contra o Inter", disse. Questionado se o árbitro não poderá explicar na súmula o que Kleber teria dito que motivou a expulsão ele antecipou: "Papel aceita tudo, ele vai relatar na súmula o que não aconteceu".