Coritiba reclama da arbitragem após erros contra o Goiás: Indignação

O Coritiba protestou mais uma vez contra a arbitragem após os erros durante o empate em 1 a 1 com o Goiás, na noite dest..

Pedro Melo - 07 de agosto de 2021, 09:02

(Divulgação/Coritiba)
(Divulgação/Coritiba)

O Coritiba protestou mais uma vez contra a arbitragem após os erros durante o empate em 1 a 1 com o Goiás, na noite desta sexta-feira (07), no Couto Pereira. O Coxa reclamou de três lances do árbitro Vinicius Gomes do Amaral: dois pênaltis não marcados e um gol anulado de Igor Paixão.

Em entrevista coletiva, o técnico Gustavo Morínigo lamentou que os erros prejudicam o trabalho da equipe. "A melhor palavra é indignação, impotência porque realmente todo o time está fazendo muito esforço. Jogamos um grande jogo, temos um bom time, com bons jogadores, fomos superiores em todo momento, então, fica essa decepção pelo resultado. Nos sentimos prejudicados, não podemos falar outra coisa. Mas temos que seguir olhando para frente, trabalhando, tentando melhorar a cada dia", disse.

Já o vice-presidente Osíris Klamas corroborou com o protesto de Morínigo. "Está certo que a ‘VAR-dependência’ tomou dos estádios do Brasil, e nós não queremos isso. Queremos profissionais competentes, qualificados, e que simplesmente façam o seu trabalho sem atrapalhar. Se eles fizerem o que precisa ser feito, ou seja, apitar o que eles estão vendo, é o suficiente. É inadmissível o que aconteceu hoje no Couto Pereira", afirmou.

O dirigente ainda reclamou que as respostas da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) são sempre as mesmas quando o Coritiba questiona o desempenho dos árbitros. "Quando profissionais cometem erros, eles são encaminhados para uma reciclagem", comentou.

https://www.youtube.com/watch?v=pZ1BMWUL1sE

Para evitar erros de arbitragem, a CBF confirmou que todos os jogos da Série B a partir do segundo também terão o árbitro de vídeo. Por enquanto, o VAR só é utilizado na primeira divisão.

CORITIBA JÁ RECLAMOU DA ARBITRAGEM NA SÉRIE B

Coritiba já reclamou duas vezes de erros da arbitragem no início da Série B. Na derrota para o Botafogo por 2 a 0, ainda na segunda rodada, o Coxa reclamou da atuação do árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva. O clube até ingressou com um pedido no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para impugnar a partida realizada no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

Já durante o empate com o Londrina em 1 a 1, na terceira rodada, os jogadores do Alviverde reclamaram de pênalti não marcado pelo árbitro Diogo Costa Cidral em Léo Gamalho. No lance, o centroavante caiu após ser derrubado pelo zagueiro Augusto e não conseguiu finalizar em gol.