Coritiba vence o Rio Branco e sobe para o segundo lugar do Campeonato Paranaense

O Coritiba derrotou o Rio Branco por 2 a 0 e assumiu a vice-liderança do Campeonato Paranaense; Igor Paixão e Léo Gamalho marcaram os gols

Pedro Melo - 02 de fevereiro de 2022, 21:29

(Geraldo Bubniak/AGB)
(Geraldo Bubniak/AGB)

O Coritiba derrotou o Rio Branco por 2 a 0 e assumiu a vice-liderança do Campeonato Paranaense. Em uma partida de total domínio, Igor Paixão, artilheiro isolado do estadual, e Léo Gamalho, que estreou na temporada, marcaram os gols da vitória.

A vitória levou o Coxa para nove pontos, mesma pontuação de Londrina, que ainda joga na rodada contra o Athletico, e Operário, que subiu para a primeira colocação após a goleada sobre o FC Cascavel. O Alviverde está atrás do Fantasma pelo saldo de gols e a frente do Tubarão pelo mesmo critério.

Do outro lado, o Rio Branco estaciona nos três pontos e pode terminar a rodada na zona de rebaixamento. Para seguir em 10º lugar e fora do Z2, o Leão da Estradinha precisa de um tropeço do Azuriz contra o Maringá.

Na próxima rodada, o Coritiba visita o Independente São Joseense, no sábado (05), às 16h, em São José dos Pinhais. E o Rio Branco recebe o Maringá, no domingo (06), às 16h, em Maringá.

CORITIBA DOMINA O RIO BRANCO E VENCE A TERCEIRA PARTIDA NO ESTADUAL

O Rio Branco levou perigo duas vezes no início. Logo no primeiro minuto, Guilherme Biteco arriscou da entrada da área e mandou perto da trave. E aos 8, o mesmo Biteco quase marcou em cobrança de falta.

Após o susto inicial, o Coritiba dominou a partida e teve três chances em um período de dez minutos. Porém, o goleiro Ravel fechou a meta em todos e salvou o Leão da Estradinha.

Só que de tanto pressionar o Coritiba abriu o placar aos 20 minutos. Régis deu belo passe de letra para Igor Paixão, que saiu na cara do gol e chutou rasteiro na saída de Ravel para abrir o placar.

E o segundo gol coxa-branca saiu pouco tempo depois. Aos 26, Igor Paixão cruzou na medida para Léo Gamalho. O centroavante subiu livre de marcação e cabeceou no canto direito para ampliar a vantagem.

A pressão coxa-branca continuou no fim do primeiro e no início da segunda etapa. E o terceiro gol só não saiu graças ao goleiro Ravel. O camisa 12 do Rio Branco salvou nos chutes de Robinho e Igor Paixão, antes do intervalo, e Léo Gamalho.

Ao longo do segundo tempo, o Coxa diminuiu o ritmo e apenas administrou a vantagem. O terceiro gol até saiu com Vinicius Ribeiro, mas o árbitro flagrou um toque de mão do atacante e anulou.

FICHA TÉCNICA – 4ª RODADA DO CAMPEONATO PARANAENSE

Data, horário e local: quarta-feira (02), às 19h30, no estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Coritiba: Raphael William; Val, Luciano Castán, Guillhermo de los Santos e Egídio; Willian Farias, Robinho (Bernardo) e Régis (Biel); Igor Paixão (Guilherme Biro), Léo Gamalho (Luizão) e Alef Manga (Vinicius Ribeiro). Técnico: Gustavo Morínigo.

Rio Branco: Ravel; Yan Santos (Renan Brainer), Moraes, Guilherme Lacerda (Xaves) e Andrezinho (Reinaldo); Alex Fraga, Sena (Xavier), Duda e Guilherme Biteco; Lucas Oliveira e Petric (John Kleber). Técnico: Vitão.

Gols: Igor Paixão (CFC), aos 20’ do primeiro tempo, e Léo Gamalho (CFC), aos 26’ do segundo tempo.

Cartões amarelos: Robinho, Régis e Val (CFC); Guilherme Biteco e Xaves (RBR).

Público e renda: 6.421 pagantes/7.046 presentes/R$ 160.062,00.

Arbitragem: Amauri Carvalho Pahins, auxiliado por Sergio Henrique Monteiro Gomes e Diego Fortunato.