Coritiba enfrenta o Santos na Copa do Brasil; onde assistir, escalações e horário

O Coritiba volta a enfrentar o Santos e inicia a busca por uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil - veja prováveis escalações, onde assistir e horário

Pedro Melo - 20 de abril de 2022, 10:15

(Divulgação/Coritiba)
(Divulgação/Coritiba)

Três dias após a derrota pelo Campeonato Brasileiro, o Coritiba volta a enfrentar o Santos e inicia a busca por uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. O jogo ocorre na noite desta quarta-feira (20), às 19h30, no Couto Pereira.

Os dois times participam da Copa do Brasil desde a primeira fase. O Coxa goleou o Bahia de Feira por 5 a 2 e passou nos pênaltis pelo Pouso Alegre por 3 a 2 após empate em 1 a 1. Já o Alvinegro ganhou do Salgueiro na estreia por 3 a 0 e eliminou o Fluminense-PI também nos pênaltis por 5 a 4 depois da igualdade em 1 a 1.

ONDE ASSISTIR CORITIBA X SANTOS PELA COPA DO BRASIL

A partida tem transmissão exclusiva do Amazon Prime, no streaming. 

O Coritiba tem dois desfalques importantes. O artilheiro Léo Gamalho sentiu um desconforto muscular na coxa e foi vetado pelo departamento médico. E o meia Thonny Anderson, com dores no pé, até apareceu na lista de relacionados, mas não reuniu condições de jogo.

Outros jogadores que ficam de fora são o lateral-direito Warley, também machucado, e o atacante Fabrício Daniel, que já disputou a Copa do Brasil pelo Mirassol. Já os laterais Nathan Mendes e Diogo Porfírio estão à disposição do técnico Gustavo Morínigo pela primeira vez.

Do outro lado, o Santos tem o retorno do meia Ricardo Goulart, poupado no final de semana. O time santista busca a terceira vitória consecutiva, o que não acontece desde junho do ano passado.

FICHA TÉCNICA - CORITIBA X SANTOS

Onde assistir Coritiba x Santos na Copa do Brasil: Amazon Prime Vídeo.

Data, horário e local: quarta-feira (20), às 19h30, no Couto Pereira.

Coritiba: Alex Muralha; Guillermo de los Santos, Henrique, Luciano Castán e Egídio; Willian Farias, Andrey e Régis (Robinho); Alef Manga, Adrián Martínez (Clayton) e Igor Paixão. Técnico: Gustavo Morínigo.

Santos: João Paulo; Madson, Maicon, Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Rodrigo Fernández, Sandry e Ricardo Goulart; Ângelo, Marcos Leonardo e Jhojan Julio. Técnico: Fabián Bustos.

Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo (RJ), auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ).