Coritiba quer aproveitar semana cheia para recuperar os jogadores

De acordo com o técnico Gustavo Morínigo, os jogadores do Coritiba sentiram o cansaço físico durante a partida contra o América-MG

Pedro Melo - 17 de maio de 2022, 14:10

(Divulgação/Coritiba)
(Divulgação/Coritiba)

O Coritiba tem uma semana cheia de treinamentos logo após encarar uma maratona de três jogos em apenas seis dias. De acordo com o técnico Gustavo Morínigo, o período será importante para recuperar os jogadores.

"Uma semana onde não teremos apenas que trabalhar, mas recuperar primeiramente os nossos jogadores. A partir dos 25 minutos do segundo tempo teve um cansaço geral, até mesmo no Alex Muralha, por conta da semana que tivemos. Temos que recuperar e trabalhar", afirmou Morínigo, após a vitória coxa-branca por 1 a 0 sobre o América-MG.

A expectativa é que os alguns dos jogadores que estão no departamento médico também fiquem à disposição da comissão técnica. O atacante Igor Paixão, que sentiu desconforto muscular pouco antes da partida decisiva com o Santos, pode ficar novamente à disposição. Outros atletas no DM são o lateral Natanael e o meia Thonny Anderson.

A vitória sobre o América-MG também foi importante para que os trabalhos da semana não tivessem uma pressão maior. "A resposta é dos jogadores para toda a torcida. É um time guerreiro. Passamos por um mal momento e hoje nos apoiaram novamente. O time realmente foi para cima a todo momento. A vitória era mais do que muito importante, um jogo chave para todos nós", destacou Morínigo.

Com a semana cheia, o Coritiba volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no sábado (21), às 16h30, para enfrentar o Atlético-GO, em Goiânia. Já a próxima partida no Couto Pereira será no dia 29, às 16h, diante do Botafogo.

O Coxa é o sexto colocado do Brasileirão, com dez pontos, somente três a menos que o líder Corinthians.

AGENDA DO CORITIBA

  • Atlético-GO - sábado (21/05), às 16h30, no Antônio Acioly
  • Botafogo - domingo (29/05), às 16h, no Couto Pereira
  • Ceará - sábado (04/06), às 19h, na Arena Castelão
  • São Paulo - terça-feira (07/06), às 21h, no Couto Pereira