Coritiba leva virada do Bahia e não consegue sair da zona de rebaixamento

Jorge de Sousa

Coritiba leva virada do Bahia e não consegue sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro

O Coritiba perdeu de virada por 2 a 1 do Bahia na noite desta segunda-feira (16) e não conseguiu sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Giovanni Augusto abriu o placar para o Coritiba, enquanto Élber e Zeca viraram para o Bahia.

O duelo foi realizado no Couto Pereira, em Curitiba, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

A derrota deixou o Coritiba estacionado com 20 pontos e na 17ª colocação, dois abaixo do Athletico-PR e do Vasco – primeiras equipes fora da zona de rebaixamento.

A equipe do Alto da Glória ainda pode perder duas posições caso Botafogo e Red Bull Bragantino empatem no Engenhão, no duelo que completa a 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Já o Bahia venceu a quarta partida nos últimos cinco compromissos pelo Campeonato Brasileiro e com isso chegou aos 28 pontos e ocupa a nona colocação.

O Bahia volta a campo nesta sexta-feira (20), quando segue na estrada para enfrentar o Red Bull Bragantino, às 20h. Já o Coritiba irá viajar para duelar contra o Flamengo no Maracanã, às 19h deste sábado (21).

CORITIBA NÃO ‘MATA JOGO’ E VÊ BAHIA VIRAR NO SEGUNDO TEMPO

O Coritiba conseguiu abrir o placar logo aos dois minutos. William Matheus avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para Giovanni Augusto empurrar a bola para as redes.

A pressão do Coritiba continuou e Matheus Sales ficou perto de ampliar o placar aos oito minutos. Giovanni Augusto cruzou da esquerda, a zaga afastou parcialmente e o volante emendou de primeira à esquerda da meta.

Aos 11 minutos, nova chance do Coritiba. Matheus Oliveira bateu falta da entrada da área na barreira e emendou o rebote perto do poste esquerdo.

A primeira chance do Bahia saiu apenas aos 23 minutos. Nino Paraíba cruzou da direita, a zaga não conseguiu afastar e a bola sobrou para Élber, que limpou a jogada e bateu cruzado para defesa de Wilson.

Fessin ficou perto de empatar o duelo aos 29 minutos. Novamente Nino Paraíba cruzou da direita e o meia apareceu livre entre os zagueiros para cabecear à direita do gol.

Giovanni Augusto marcou um gol anulado aos 35 minutos. Após dividida pelo alto, Neilton desviou a bola no chão para o meia, que invadiu a área e bateu cruzado para balançar as redes.

Só que na revisão no monitor do VAR, o árbitro Igor Junior Benevenuto assinalou que a bola bateu no cotovelo de Neilton e por isso invalidou o gol do Coritiba.

No minuto seguinte, o Bahia conseguiu o gol de empate. Élber foi lançado na área, cortou a marcação e bateu firme para vencer Wilson e estufar as redes.

A virada do Bahia quase aconteceu aos 46 minutos. Gregore invadiu a área tabelando, mas na marca do pênalti foi travado por William Matheus.

O segundo tempo começou mais lento do que a primeira etapa, com Neilton criando a primeira chance de gol do Coritiba. Aos 16 minutos, o atacante arriscou da intermediária e Douglas Friedrich espalmou para escanteio.

O Coritiba chegou com a bola parada aos 23 minutos. Giovanni Augusto bateu escanteio da esquerda, a zaga do Bahia resvalou e Robson errou a finalização junto ao poste direito.

O Bahia aproveitou as chances perdidas do adversário e virou o placar aos 26 minutos. Zeca cruzou em arco da esquerda, a bola passou por Sabino e Rossi e entrou no canto direito do gol.

LEIA MAIS: Márcio Azevedo passa por cirurgia no joelho e desfalca o Athletico por tempo indeterminado

Previous ArticleNext Article