Coritiba empata com Red Bull Bragantino e amplia jejum de vitórias

Jorge de Sousa

Coritiba empata com Red Bull Bragantino e amplia jejum de vitórias no Campeonato Brasileiro

Coritiba e Red Bull Bragantino ficaram no empate em 0 a 0 na noite deste sábado (5) e a equipe alviverde completou cinco jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro.

O duelo foi realizado no Couto Pereira, em Curitiba, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

Com o empate, o Coritiba chegou aos 21 pontos e está quatro pontos abaixo do Sport – primeira equipe fora da zona de rebaixamento, mas que ainda atua nesta rodada. Já o Bragantino foi aos 28 pontos e garantiu uma rodada de distância ao Z-4.

As duas equipes voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo fim de semana. O Red Bragantino recebe o Fortaleza, no sábado (12), às 17h, enquanto o Coritiba visita o Sport na Ilha do Retiro, no domingo (13), às 18h15.

CORITIBA SOBREVIVE A PRESSÃO DO BRAGANTINO NO COUTO PEREIRA

A primeira finalização da partida foi do Red Bull Bragantino. Aos cinco minutos, Lucas Cândido bateu falta na meia-lua da área e a bola passou perto do travessão.

Wilson fez grande intervenção aos 12 minutos. Lucas Evangelista cruzou da esquerda e Ytalo cabeceou firme para o goleiro espalmar.

Nova chance criada pelo Bragantino aos 36 minutos. Bruno Tubarão roubou bola no campo de ataque, serviu Ytalo na entrada da área e o centroavante fez o pivô para a batida de Morato. O chute foi no meio do gol e Wilson fez firme defesa.

Ytalo perdeu grande chance para abrir o placar aos 38 minutos. Sabino tentou recuar para Wilson e a bola ficou parada em uma poça d’água, sendo recuperado pelo centroavante, que frente a frente com o goleiro, tentou o chute rasteiro e o arqueiro defendeu com o pé.

O Bragantino voltou a assustar a meta do Coritiba aos 11 minutos do segundo tempo. Aderlan arriscou chute cruzado da entrada da área e Wilson espalmou para escanteio.

Aos 19 minutos, foi a vez de Léo Ortiz perder grande oportunidade. Claudinho aproveitou erro de Matheus Galdezani e cruzou rasteiro, Ligger travou a bola, que sobrou para Ortiz na área, mas o zagueiro bateu muito acima da meta.

Wilson voltou a salvar o Coritiba aos 29 minutos. Cuello arriscou da intermediária e o goleiro foi buscar a finalização no canto direito da meta.

A pressão do Bragantino continuou aos 30 minutos. Claudinho bateu escanteio da direita, Ligger ajeitou no segundo poste e Matheus Galdezani fez o corte antes que Luan Cândido batesse para o gol.

A primeira finalização de perigo do Coritiba saiu apenas aos 38 minutos. Lucumí cruzou da esquerda e Ricardo Oliveira cabeceou firme, mas Cleiton fez fácil defesa no meio do gol.

William Matheus quase abriu o placar aos 41 minutos. Maílton bateu escanteio da direita e o lateral cabeceou firme na pequena área, só que a bola saiu à direita da meta.

Claudinho teve mais uma chance para dar a vitória ao Bragantino. Aos 46 minutos, o meia recebeu na entrada da área e bateu firme, com a bola passando raspando o travessão.

LEIA MAIS: Bottas faz pole position na ausência de Hamilton no GP de Sakhir

Previous ArticleNext Article