Coritiba terá ainda sete dias antes da próxima partida da Série B, contra o Boa Esporte

Francielly Azevedo e Assessoria

Com o período de treinos mais longo até a próxima partida, o Coritiba aproveita para realizar ajustes importantes na equipe buscando melhorar a cada semana para a disputa da Série B. Com dez pontos conquistados, dos quinze já disputados, o alviverde está momentaneamente na quarta colocação do Brasileiro, sendo que a quinta rodada terá seu desfecho nos próximos dias.

Nesse tempo, o treinador Eduardo Baptista aproveita para aplicar treinos diferenciados, com a contribuição dos outros membros da comissão técnica, para alinhar ainda mais o método de jogo. Período que já aconteceu recentemente e foi comemorado por todos do elenco. “Com esse tempo que o professor teve para implantar a forma de jogar, as formas das jogadas, isso foi bom para a equipe e para todos, e os frutos nós estamos colhendo nos resultados dos jogos”, analisou o atacante Pablo.

“O time está encaixando, as coisas estão acontecendo, as jogadas estão saindo, o trabalho do Eduardo está sendo bem visto no campo. A Série B é isso, se possível vencer, se não, empatar, trazer o resultado para casa. Nosso time tem que se impor como um time grande, todos os times vão querer jogar contra a gente e tirar ponto, nós temos que mostrar o Coritiba, a força da camisa”, complementou o atleta, que já fez 11 jogos com a camisa alviverde.

Pablo inclusive já projetou a próxima partida. “É um jogo em que o alerta tem que estar ligado. São com essas equipes que as equipes que estão em cima vão tropeçar. Nosso objetivo é ir lá e vencer, independentemente da situação e ter cuidado com a equipe pela forma que eles vêm caminhando no campeonato”, apontou.


O jogo contra o Boa Esporte é no dia 19 (sábado), às 19h (de Brasília), em Varginha, válido pela sexta rodada da Série B.

Post anteriorPróximo post
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Repórter do Paraná Portal e Rádio CBN. Tem passagens pela TV éParaná, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina.
Comentários de Facebook