Coritiba vacila e Inter vence com gol no final

Redação


O Internacional esteve bem próximo de amargar mais uma rodada entre os últimos colocados, mas conseguiu no final da partida contra o Coritiba, com um gol de Vitinho aos 41 minutos do segundo tempo, vencer os paranaenses pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, em partida disputada no Beira-Rio, em Porto Alegre, na noite de quinta-feira (6).

Com a vitória o Inter saiu provisoriamente da zona de rebaixamento ao subir para o 16º lugar com 33 pontos e o Coritiba permaneceu na 12ª colocação com 36 pontos.

A partida não teve muitos lances de emoção. Pressionado por jogar em casa e começar a rodada na ZR, o Inter tentava chegar mais ao gol de Wilson, mas o ataque não concluía com qualidade.

Já o técnico Paulo Cesar Carpegiani surpreendeu ao colocar três atacantes em campo, mas as presenças de Iago, Vinícius e Leandro também não surtiam os efeitos desejados.

O time colorado mantinha maior posse de bola, no final do primeiro tempo levou vantagem ao reter 55% contra 45% do Coritiba na posse de bola, mas o torcedor precisou esperar pelo segundo tempo para ter maior emoção.

Na tentativa de dar maior poder ofensivo e rapidez ao time, Celso Roth colocou Valdívia em campo, mas foi o Coritiba no minuto seguinte que perdeu a chance mais clara de gol com Leandro, que furou um passe certeiro de Raphael Veiga que bastava completar para as redes.

Aos 32 minutos, o torcedor do Inter ainda teria que segurar a tensão ainda mais, quando Ernando cometeu pênalti em Leandro. Juan bateu mal e Danilo defendeu a penalidade.

A chance perdida deu novo ânimo ao Inter e a recompensa chegou aos 41 minutos, quando Luccas Claro cometeu pênalti em Valdívia, que Vitinho cobrou e fechou o placar.

Local: Estádio Beira-Rio, Porto Alegre (RS) Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO) Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)

Gol: Vitinho, aos 41 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Leandro, Juan, Luccas Claro e Ernando

Internacional: Danilo Fernandes; William, Eduardo, Ernando e Ceará; Rodrigo Dourado, Eduardo Henrique, Seijas (Aylon), Alex (Valdívia) e Gustavo Ferrareis (Marquinhos); Vitinho. Técnico: Celso Roth

Coritiba: Wilson; Benítez, Luccas Claro (Bernardo), Nery Bareiro e Juninho; Juan, João Paulo e Raphael Veiga; Iago (Ortega), Leandro e Vinícius (González). Técnico: Paulo César Carpegiani.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="389730" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]