Coritiba vence o Fortaleza, encerra jejum e dá respiro no Brasileirão

O Fortaleza chegou a empatar aos 39 minutos do segundo tempo, mas José Hugo definiu o a vitória do Coxa nos acrécimos.

Vinicius Cordeiro - 03 de julho de 2022, 20:44

Léo Gamalho abriu o placar no confronto. (Foto: Geraldo Bubniak/AGB)
Léo Gamalho abriu o placar no confronto. (Foto: Geraldo Bubniak/AGB)

O Coritiba derrotou o Fortaleza por 2 a 1 neste domingo (3) e voltou a vencer no Brasileirão 2022. O atacante Léo Gamalho abriu o placar no início do jogo, mas viu o zagueiro Habraão empatar aos 39 minutos da etapa final. Mesmo com um jogador a menos, após expulsão do lateral Nathan, o atacante José Hugo garantiu o triunfo alviverde. 

O resultado interrompe a série ruim do Coxa, que não vencia há seis rodadas e perdeu nos últimos quatro jogos. O time alviverde chega aos 18 pontos e pula para a 12ª posição. Caso o empate tivesse permanecido, o Coxa entraria na zona de rebaixamento. 

O duelo, válido pela 15ª rodada, ainda ficou marcado pelos 45 minutos de atraso por falta de energia no estádio Couto Pereira, em Curitiba, e homenagem a Renato Follador, presidente eleito do Alviverde que morreu pela covid-19 há um ano. 

Do outro lado, o Fortaleza segue estacionado com 10 pontos e aparece na lanterna do Brasileirão. 

PRÓXIMOS JOGOS

O Coritiba se prepara para enfrentar o Juventude no próximo domingo (10), às 11h, no estádio Couto Pereira.

No mesmo dia, só que às 18h, o Fortaleza recebe o Palmeiras na Arena Castelão. 

Contudo, o Leão do Pico encara o duelo da volta contra o Estudiantes pelas oitavas de final da Libertadores na quinta-feira (7), às 21h30, na Argentina. A ida terminou empatado por 1 a 1 e o time nordestino não pode perder. Em nova igualdade, a decisão de quem avança para às quartas de final.

O JOGO

Logo na primeira chance, Alef Manga cruzou e Léo Gamalho cabeceou firme para o fundo das redes e acender o Couto Pereira.

Apesar da vantagem, o duelo seguiu aberto: Alef Manga exigiu boa defesa de Marcelo Boeck e Fabrício Daniel mandou por cima. Pelos visitantes, Moisés fez o goleiro Rafael William trabalhar enquanto José Welison assustou ao finalizar pela linha de fundo.

Na etapa final, o Fortaleza tomou conta do jogo e o Coritiba segurou a vantagem mínima enquanto pôde. O lateral Nathan acabou expulso após intervenção do VAR e viu Habrãao igualar o placar aos 39 minutos.

Na raça, o Coritiba chegou ao triunfo. Rafael William cobrou o tiro de meta, José Hugo ganha a disputa com o marcador e finalizou cruzado para definir a vitória do Coxa.

FICHA TÉCNICA - CORITIBA 2 x 1 FORTALEZA

Data, horário e local: domingo (03), às 18h, no estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Gol: Léo Gamalho e José Hugo (CFC); Habraão (FOR). 

Cartões amarelos: Val e Alef Manga (CFC); Ronald e Juninho Capixaba (FOR).

Cartão vermelho: Nathan (CFC).

Coritiba: Rafael William; Matheus Alexandre, Henrique, Luciano Castan e Diego Porfírio (Egídio); Willian Farias e Val; Fabrício Daniel (Bernardo), Warley (Thonny Anderson/Nathan), Alef Manga (José Hugo) e Léo Gamalho. Técnico: Gustavo Morínigo.

Fortaleza: Marcelo Boeck; Habraão, Marcelo Benevenuto e Titi (Lucas Crispim); Ronald (Hércules), Zé Welison, Matheus Vargas (Lucas Lima), Vitor Ricardo (Yago Pikachu) e Juninho Capixaba; Romarinho e Moisés (Silvio Romero). Técnico: Juan Pablo Vojvoda. 

Arbitragem: Felipe Fernandes de Lima (MG) foi auxiliado por Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Celso Luiz da Silva (MG). O responsável pelo VAR foi Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (Fifa-SP).