Coritiba vira contra o Santos e se mantém fora da ZR

O Coritiba mostrou força suficiente para virar um placar que parecia perdido. O Coxa bateu o Santos por 2 a 1, no Couto ..

Redação - 21 de agosto de 2016, 19:58

O Coritiba mostrou força suficiente para virar um placar que parecia perdido. O Coxa bateu o Santos por 2 a 1, no Couto Pereira, em Curitiba (PR), pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, com gols de Kleber, aos 27 e Iago aos 41 minutos da etapa final. O Santos abriu o placar também no segundo tempo, com Ricardo Oliveira. Com o resultado Verdão assumiu a 16ª posição com 25 pontos e o Santos na quarta colocação, com 36 pontos.

O jogo começou equilibrado, com as duas equipes forçando a marcação e o jogo se concentrando mais pelo meio. O Santos, porém, acabou ganhando um gol, quando aos 14 minutos, João Paulo recuou mal uma bola para Wilson e Ricardo Oliveira aproveitou o vacilo para marcar.

O Coxa não desistiu de correr atrás do empate. Em boa jogada pela lateral, aos 28, Veiga cruzou e Evandro completou, Vanderlei fez excelente defesa, mas Kleber aproveitou a sobra e mandou para as redes.

O Coritiba continuava pressionando e em uma jogada despretensiosa Iago arriscou um chute de longe e aos 41 minutos virou o placar para o Coritiba.

No final da partida, o atacante Kleber considerou bom o resultado e quer que a sorte acompanhe o clube neste returno. "A gente estava jogando bem, tomamos um gol em um erro nosso, a gente só tava levando virada e tomara que agra a gente faça a virada, espero que a sorte nos acompanhe neste segundo turno", disse.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 2×1 SANTOS

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Coritiba: Wilson; Dodô, Luccas Claro, Juninho e Benítez (Evandro); Edinho, João Paulo, Juan e Raphael Veiga (Thiago Lopes); Neto Berola (Iago) e Kléber. Técnico: Paulo César Carpegiani.

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Caju; Renato, Léo Cittadini, Lucas Lima (Jean Mota) e Vitor Bueno (Joel); Copete e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior.

Cartões amarelos: Neto Berola, Léo Cittadini, Jean Mota e Gustavo Henrique

Gol: Kléber aos 28′ e Iago aos 41′ do segundo tempo,  Ricardo Oliveira aos 13′ do segundo tempo