Coxa provoca Atlético com foto e comemora recorde de público

Narley Resende


Brunno Brugnolo, Metro Jornal Curitiba

Ainda em clima de festa pela conquista de seu 38º Campeonato Paranaense, o Coxa alfinetou o rival Atlético ontem pelas redes sociais.

No perfil do Instagram, o clube postou uma foto tirada no fim de tarde de domingo no Couto Pereira com a legenda: “Um belo teto”, em referência a casa do arquirrival, que desde 2015 conta com um teto retrátil celebrado por boa parte da torcida.

A mesma imagem, cedida ao Coritiba pela torcedora e sócia Natalia Oliveira, virou a foto de capa na página oficial do clube no Facebook – desta vez sem a polêmica legenda.

Recordes de audiência

A finalíssima foi um sucesso de público para o Coxa, tanto em campo quanto na transmissão. No Couto, foram 32.869 pagantes, recorde do Paranaense 2017 e maior público do Alviverde no estádio desde 2007. Mas o número significou um recorde absoluto na história do Alviverde: a renda, de R$ 1.459.410,00, foi a maior de todos os tempos para o clube. O recorde anterior era da final da Copa do Brasil de 2012, jogo contra o Palmeiras (R$ 1.193.108,00) que teve pouco menos de 32 mil pagantes.

A decisão estadual mais recente com público muito superior foi a de 2003: mais de 47 mil viram o título contra o Paranavaí naquele ano.

Na internet o sucesso foi compartilhado com o Furacão. O pico de pessoas vendo o jogo ao mesmo tempo no Youtube, nos canais dos dois clubes juntos, foi de 108.757, sendo 53.594 o pico do Coritiba. No Facebook, a transmissão da decisão atingiu 1.151.984 torcedores, e quase 300 mil visualizações únicas

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="429961" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]