Crise argentina em campo é destaque das Eliminatórias da Copa 2018

A eliminada Bolívia e o Paraguai, que não vive boa fase, abrem hoje, às 18 horas, em La Paz, mais uma rodada das Elimina..

Redação - 15 de novembro de 2016, 09:55

A eliminada Bolívia e o Paraguai, que não vive boa fase, abrem hoje, às 18 horas, em La Paz, mais uma rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo 2018, a última deste ano. Com 15 pontos, os paraguaios estão na sétima colocação, enquanto os bolivianos, com quatro, é o lanterna da competição. O técnico paraguaio Arce, tentará reverter o desânimo que tomou conta da equipe após a goleada por 4 a 1 para o Peru, dentro de casa.

Às 19 horas Equador, quarto colocado com 17 pontos pega a vice-lanterna Venezuela, com cinco pontos, na altitude de Quito. Para esta partida, os equatorianos não querem desperdiçar a chance de melhorar sua posição. "Nós temos que sair e ganhar, essa é a única coisa que funciona para nós, não perder os pontos e acho que isso pode ser definido em casa", disse o zagueiro Gabriel Achilier, do Emelec.

Já os chilenos enfrentam os uruguaios às 21h30, dispostos a manter a quinta colocação, em Santiago. Para isso terão que anular o perigoso atacante Luiz Suáres, aposta do técnico Oscar Tabárez para vencer o Chile. "Vamos tentar fazer o que sempre fazemos, controlar suas forças futebolísticas e vencê-los", disse Tabárez.

No mesmo horário, em San Juan, a Argentina, sexta colocada com 16 pontos, pega a Colômbia, terceira com 18, em jogo que pode significar o fim da mal iniciada era Bauza. O treinador está pressionado devido aos maus resultados e em caso de novo tropeço poderá ser demitido. A imprensa argentina já especula a contratação de Jorge Sampaoli para seu lugar.