Cristiano Ronaldo marca, e Manchester United vence o Burnley na Premier League

O Manchester United venceu o lanterna Burnley por 3 a 1, retomou o caminho das vitórias na Premier League após o tropeço..

Pedro Melo - 30 de dezembro de 2021, 19:07

(Reprodução/Twitter/Manchester United)
(Reprodução/Twitter/Manchester United)

O Manchester United venceu o lanterna Burnley por 3 a 1, retomou o caminho das vitórias na Premier League após o tropeço com o Newcastle e subiu para a sexta colocação. Os gols dos Red Devils foram marcados por McTominay, Mee, contra, e Cristiano Ronaldo. Lennon descontou.

A vitória do Manchester United foi construída praticamente toda no primeiro tempo. Logo aos sete minutos, McTominay ficou com a bola após domínio errado de Cristiano Ronaldo e finalizou no canto esquerdo para abrir o placar. E aos 26, o zagueiro Mee desviou o chute de Sancho e marcou contra.

O terceiro dos Red Devils foi marcado por Cristiano Ronaldo aos 34 minutos. O português pegou o rebote da defesa de Hennessey e apenas completou para o fundo das redes. Antes do intervalo, o Burnley descontou. Lennon fez boa jogada pela direita e chutou rasteiro, sem chance para De Gea.

Com o resultado positivo, o time comandado por Ralf Rangnick subiu para 31 pontos, na sexta colocação. A pontuação é a mesma do West Ham, que está em quinto e com dois jogos a mais. Do outro lado, o Burnley, que tem apenas uma vitória na Premier League, é o 18º, com 11 pontos.

O Manchester United continua a maratona de jogos na Premier League e volta a campo na próxima segunda-feira (03), às 14h30, para enfrentar o Wolverhampton. Já o Burnley busca a recuperação contra o Leeds United, no domingo (02), às 11h.

CONFIRA OS JOGOS DA 20ª RODADA DA PREMIER LEAGUE

  • Southampton 1×1 Tottenham
  • Watford 1×4 West Ham
  • Crystal Palace 3×0 Norwich
  • Leicester 1×0 Liverpool
  • Chelsea 1×1 Brighton
  • Brentford 0x1 Manchester City
  • Manchester United x Burnley
  • Arsenal x Wolverhampton*
  • Leeds United x Aston Villa*
  • Everton x Newcastle*

*Jogos adiados por surto de Covid-19