Croatas podem ser eliminados por causa de brigas

Redação


A Croácia foi condenada pela UEFA a pagar R$ 383 mil ou 100 mil euros, depois que seus torcedores provocaram brigas e outras confusões, como soltarem sinalizadores e fogos de artifícios em campo durante a partida contra a República Tcheca. A comunicação foi feita por Pedro Pinto, porta-voz da UEFA, em entrevista ao Sportv.

“O Comitê Disciplinar da Uefa se reuniu em Paris para lidar com o processo disciplinar que havia sido instaurado contra a Federação Croata de Futebol. Ela tinha sido acusada de distúrbios de adeptos na arquibancada, utilização de fogo de artifício, o lançamento de tochas luminosas para o campo e comportamento racista dos adeptos. Essas acusações tinham a ver com o jogo contra a República Tcheca. Depois de analisar o caso o Comitê decidiu aplicar as seguintes sanções: multa de 100 mil euros e proibir a Federação Croata de vender ingressos para quem pertence a grupos “Ultras” e que foram identificados como pessoas perigosas. Essa sanção está em suspensão e será aplicada se acontecer novos episódios nos próximos jogos”, disse.

A Croácia enfrenta a Espanha nesta terça-feira, às 16 horas, em partida cerca de expectativas.

Torcedores de Portugal, da Bélgica e Hungria, que também se envolveram em confusão e suas federações serão julgadas nesta quarta-feira.

Previous ArticleNext Article