Cruzeiro sai atrás, mas empata com o Bahia após expulsão de Orejuela

Folhapress

Cruzeiro - Bahia - Campeonato Brasileiro

Cruzeiro e Bahia empataram por 1 a 1 na noite deste domingo (3), no Mineirão, em partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Fernandão, de pênalti, abriu o placar, mas Sassá garantiu a igualdade.

Os mineiros terminam a rodada com 33 pontos conquistados e seguem fora da zona de rebaixamento, com dois a mais que o Fluminense, primeiro do grupo de descenso. O Bahia chega a 42 pontos e está quatro atrás do sexto colocado, último a garantir uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores por meio do Brasileirão.

O Cruzeiro mudou a forma de jogar desde a chegada de Abel Braga. A equipe tentou controlar o jogo ocorrido no Mineirão e girou a bola de um lado para o outro. Ederson, Thiago Neves, Marquinhos Gabriel e David criaram boas chances. No entanto, a equipe cometeu erros ao concluir as jogadas, seja em finalizações ou no momento do passe.

Fred chegou a estufar a rede. Porém, a arbitragem assinalou posição irregular do camisa 9.

Fred está longe de viver o seu melhor momento na carreira. No entanto, segue como titular absoluto do Cruzeiro. No jogo de hoje, o centroavante pouco acrescentou ao setor ofensivo. Ele até fez um gol no primeiro tempo, mas estava em posição irregular no lance. Na volta do intervalo, seguiu inofensivo no ataque. O dono da camisa 9 foi também pouco usado pelos homens de frente. Ao ser substituído para a entrada de Edilson, ele recebeu vaias dos torcedores que foram ao Mineirão na noite de hoje.

O Bahia teve menos posse de bola, como já se tornou padrão em seus jogos recentes. O time de Roger Machado apostou na velocidade de Élber e Artur para levar perigo à meta de Fábio. No entanto, encontrou dificuldade justamente ao chegar no setor ofensivo. A principal complicação era chegar com mais de uma opção ao setor ofensivo. Fernandão, mais lento, apareceu em poucas ocasiões.

A utilização da tecnologia permitiu que o Bahia ficasse em vantagem no Mineirão. Fernandão tentou finalização de fora da área, mas a bola desviou na mão de Orejuela. Depois de consulta ao vídeo, o árbitro Wagner Reway marcou pênalti para o Bahia e ainda expulsou Orejuela. A decisão deu outro panorama ao jogo ocorrido no Gigante da Pampulha. Fernandão converteu o pênalti ainda no primeiro tempo.

Previous ArticleNext Article