Série B: Cruzeiro perde para o Juventude e dá adeus às chances de acesso

Redação

cruzeiro juventude série b

O Cruzeiro não voltará a disputar a Série A do Campeonato Brasileiro em 2021. O time mineiro, que completou 100 anos de história no início deste mês, perdeu para o Juventude por 1 a 0 neste sábado (16), em jogo válido pela 35ª rodada da Série B. O duelo foi realizado no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

O jogo foi decidido com um gol em cobrança de pênalti. Capixaba foi derrubado por Matheus Pereira dentro da área e o atacante Rafael Grampola bateu firme para dar a vitória aos gaúchos. No fim da partida, uma discussão entre Marcelo Moreno e Giovanni ainda selou o péssimo momento dos mineiros. Pottker ainda carimbou a trave, para aumentar o drama cruzeirense.

Com o resultado, a Raposa amarga a segunda derrota seguida, permanece com 44 pontos e aparece em 13° lugar da classificação. O quarto colocado é o próprio Juventude, que chegou aos 55 pontos. Já como restam nove pontos em disputa (três jogos) até o final da Segundona, o Cruzeiro não tem mais chances de subir à Primeira Divisão.

A derrota ainda coloca mais pressão no Cruzeiro, tomado por diversas confusões nessa reta final. Os jogadores estão com dois salários e meio atrasados, além do 13º, e não têm qualquer previsão da diretoria sobre os pagamentos. Além disso, também começaram os rumores da saída do técnico Luiz Felipe Scolari.

Do outro lado, o Juventude se recuperou das derrotas e segue na briga por uma vaga entre os quatro primeiros. O time comandado por Pintado deve disputar o acesso até o fim contra CSA e Operário.

O Juve se prepara agora para visitar o Avaí na próxima terça-feira. Já na quarta, o Cruzeiro encara o Operário.

SEM CRIAÇÃO DE NOVO, CRUZEIRO PERDE PARA O JUVENTUDE NA SÉRIE B

Arthur Dallegrave/ECJuventude

O primeiro tempo ficou marcado pela posse de bola do Cruzeiro, que não conseguiu criar boas chances de gol. William Pottker e Giovanni pararam no goleiro Marcelo Carné enquanto o Juventude chegou ao gol em um pênalti. Aos 20 minutos, o meia Capixaba foi puxado por Matheus Pereira e caiu dentro da área. A arbitragem marcou a infração e assinalou pênalti.

Na cobrança, Rafael Grampola acertou o ângulo e anotou o gol que decidiu o jogo. Na etapa final, o Cruzeiro se esforçou em busca do empate. Nas melhores chances, Marcelo Carné defendeu o chute de Rafael Sobis e a cabeçada de Filipe Machado. No fim, William Pottker ainda carimbou a trave em um chute rasteiro, da entrada da área.

Previous ArticleNext Article