Cruzeiro perde do Vasco e pode ser rebaixado na próxima rodada

Jorge de Sousa

Cruzeiro - Vasco - Campeonato Brasieiro


Na estreia de Adilson Batista, o Cruzeiro seguiu demonstrando nervosismo e pouca qualidade e foi derrotado pelo Vasco por 1 a 0, na noite desta segunda-feira (2), e pode ser rebaixado já na próxima rodada do Campeonato Brasileiro.

A derrota deixa o Cruzeiro com 36 pontos, dois abaixo do Ceará, primeira equipe fora da zona de rebaixamento. Nesse cenário, a equipe mineira precisa vencer seus próximos dois jogos e torcer para os cearenses somarem no máximo três pontos, isso porque o alvinegro tem dez vitórias contra sete do rival.

Já o Vasco chegou a 12ª posição com 47 pontos e apenas cumpre tabela nas duas últimas rodadas do Brasileiro.

O duelo válido pela 36ª rodada foi realizado em São Januário, no Rio de Janeiro.

Guarín marcou o gol da vitória do Vasco.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes já voltam a campo nesta quinta-feira (5) pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Cruzeiro viaja para Porto Alegre encarar o Grêmio na Arena do Grêmio, às 19h15.

Enquanto o Vasco vai para Salvador encarar o Bahia na Arena Fonte Nova, às 19h15.

O JOGO

O Vasco reclamou um pênalti não marcado aos quatro minutos de jogo. Orejuela saiu jogando errado e Marrony roubou a bola, já lançando Rossi na área. Egídio chegou pelas costas e derrubou o atacante, mas a arbitragem mandou o lance seguir.

Mas aos nove minutos, o Vasco abriu o placar. Andrey avança e encontra Guarín na entrada da área. O volante bate colocado no canto esquerdo e balança as redes.

Aos 25 minutos, novo lance duvidoso envolvendo o Vasco. Guarín lançou Marrony na área e Cacá se enrolou com o atacante. No primeiro momento, Wilton Pereira Sampaio anotou o pênalti, mas chamado pelo VAR, voltou atrás e mandou o jogo seguir.

O Cruzeiro respondeu aos 34 minutos. Éderson recebeu na lateral da área e finalizou cruzado. Joel chegou atrasado na bola e perdeu ótima chance.

Nova chance do Cruzeiro aos 40 minutos. Egídio bateu escanteio no primeiro poste e Ariel Cabral cabeceou perto do travessão.

A primeira chance do segundo tempo foi do Cruzeiro. David cruzou da esquerda na cabeça de Fred, que escorou para bela defesa de Fernando Miguel.

Egídio ficou muito perto do gol aos 20 minutos. O lateral bateu falta da entrada da área e mirou o ângulo esquerdo, mas a bola passou raspando a trave.

O Vasco respondeu aos 26 minutos. Marrony fez bela jogada no ataque e cruzou rasteiro para Tiago Reis, mas Léo se antecipou e fez o corte antes da finalização.

O Cruzeiro quase anotou o gol aos 40 minutos. Fred recebeu no pivô, rolou para Marquinhos Gabriel, que sozinho na pequena área, mandou para fora e perdeu chance incrível.

Previous ArticleNext Article