Paraná Clube é goleado pelo CSA e se afasta do G-4 da Série B

Jorge de Sousa

Paraná Clube é goleado pelo CSA e se afasta do G-4 da Série B

O Paraná Clube foi goleado por 4 a 0 pelo CSA na noite deste sábado (10) e viu o G-4 do Campeonato Brasileiro da Série B ficar mais distante.

Paulo Sérgio (três vezes) e Andrigo marcaram os gols da vitória do CSA.

O duelo foi realizado no Rei Pelé, em Maceió, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

A derrota deixou o Paraná estacionado com 23 pontos e aumentou para cinco jogos a ‘seca’ de vitórias da equipe tricolor. Já o CSA venceu a quinta partida nos últimos seis jogos e chegou aos 19 pontos.

As duas equipes voltam a campo na próxima semana pela 16ª rodada da Série B. O CSA atua na terça-feira (13), contra o Avaí na Ressacada, às 19h15, enquanto o Paraná recebe o Sampaio Correia na Vila Capanema, no próximo domingo (18), às 20h30.

PAULO SÉRGIO CASTIGA DEFESA BAGUNÇADA DO PARANÁ CLUBE

O CSA começou arrasador a partida. Logo aos nove minutos a equipe abriu o placar com Paulo Sérgio, que finalizou na pequena área, após cruzamento da direita de Rodrigo Pimpão.

Aos 15 minutos, Paulo Sérgio avançou pelo meio e finalizou firme, a bola bateu na mão de Salazar e o árbitro Paulo Cesar Zanovelli assinalou a penalidade.

O replay televisivo mostrou que a mão de Salazar estava colada junto ao corpo, mas a Série B não conta com o VAR para a revisão de jogadas.

Paulo Sérgio pediu a bola e bateu firme no meio do gol, enquanto Alisson caiu para o lado direito. 2 a 0 para o CSA.

O ritmo do CSA não diminuiu e a equipe fez o terceiro gol aos 22 minutos. Nadson cruzou da esquerda, a zaga do Paraná não conseguiu afastar pelo alto e Andrigo ficou com a sobra na pequena área, batendo na saída de Alisson para balançar as redes.

A melhor chance do Paraná na primeira etapa saiu aos 24 minutos. Renan Bressan bateu falta da esquerda fechada e Matheus Mendes teve que ser rápido para dar um tapa para escanteio.

O placar ficou ainda mais dilatado aos oito minutos. Diego Renan cruzou da direita, Toninho não conseguiu fazer o corte e a bola sobrou para Paulo Sérgio bater firme para o gol.

Alisson ainda salvou o quinto gol do CSA aos 12 minutos. Novamente o cruzamento veio da direita e Yago cabeceou firme na pequena área, mas o goleiro fez grande defesa à queima roupa em cima da linha.

LEIA MAIS: Bruno Soares perde final das duplas e fica com o vice em Roland Garros

Previous ArticleNext Article