CSA vence Avaí e se mantém vivo na luta contra o rebaixamento

Jorge de Sousa

CSA - Avaí - Campeonato Brasileiro

Com um pênalti polêmico marcado com o auxílio do VAR na segunda etapa, o CSA venceu o Avaí por 3 a 1, na noite deste domingo (6), e ficou próximo de sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Ricardo Bueno, Jonathan Gomez em cobrança de pênalti e Apodi marcaram para o CSA, enquanto Jonathan marcou o gol do Avaí.

O duelo válido pela 23ª rodada do Brasileirão foi realizado no Rei Pelé, em Maceió.

A vitória deixou o CSA na 17ª posição do Campeonato Brasileiro com 22 pontos, apenas um ponto abaixo do Ceará, primeira equipe fora da zona de rebaixamento da competição.

Já o Avaí segue na 19ª posição com apenas 16 pontos ganhos, com sete pontos abaixo do Ceará na tabela do Brasileirão.

PRÓXIMOS JOGOS

As equipes já voltam a campo neste meio de semana, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O CSA recebe o Internacional no Rei Pelé, às 19h15, desta quarta-feira (9)

Enquanto o Avaí recebe o Vasco na Ressacada, às 19h15, desta quinta-feira (10).

O JOGO

CSA - Avaí - Campeonato Brasileiro
Alberto Valentim (ao fundo) reclama com sua defesa durante o jogo. Francisco Cedrim/RCortez/CSA

A primeira chance do jogo foi do Avaí. Aos nove minutos, Igor Fernandes finalizou da entrada da área, a bola desviou, e Jordi teve que se esticar para fazer a defesa.

O CSA respondeu aos 12 minutos. Bustamente avançou em diagonal e chutou cruzado perto do gol.

Mas aos 13 minutos, o CSA não desperdiçou a chance. Bustamante cruzou da esquerda, a bola cruzou toda a área e chegou em Ricardo Bueno. O atacante só ajeitou a bola para finalizar.

Ricardo Bueno apareceu bem novamente aos 16 minutos. Apodi cruzou da direita e o atacante escorou para bela defesa de Vladimir.

O Avaí respondeu aos 24 minutos. Léo cruzou da direita e João Paulo apareceu livre no segundo poste. Mas a cabeçada foi para a rede pelo lado de fora.

Aos 29 minutos, nova intervenção de Vladimir. Jonathan Gomez recebeu livre na pequena área e soltou a bomba para grande defesa do goleiro.

O Avaí conseguiu o empate logo após a volta do intervalo. Após cruzamento da esquerda, Carlinhos demorou para cortar e Léo se antecipou. O lateral quase perdeu o domínio, mas conseguiu passar para Jonathan que apenas completou para o gol.

Aos 15 minutos, o CSA quase fez o segundo gol. Dawhan cruzou fechado e quase surpreendeu Vladimir, que teve que cortar a bola. O rebote caiu nos pés de Jonathan Gomez que finalizou perto do gol.

Só que aos 23 minutos, Ricardo Bueno se envolveu em um enrosco com Léo na pequena área e Anderson Daronco, auxiliado pelo VAR, marcou a penalidade.

Jonathan Gomez foi para a cobrança e deslocou Vladimir para colocar o CSA novamente na frente.

O Avaí buscou o empate aos 45 minutos. Após cruzamento da esquerda, a bola chegou até Brenner no segundo poste. O atacante tentou a finalização, mas pegou mal e mandou para fora.

Mas foi o CSA quem balançou a rede ao final do jogo. Jean Cléber lançou Apodi ainda no campo de defesa, o lateral avançou até a área e apenas deslocou Vladimir para matar o jogo.

Previous ArticleNext Article