Operário perde do Cuiabá e ainda corre risco de rebaixamento na Série B

Jorge de Sousa

Operário perde do Cuiabá e ainda corre risco de rebaixamento na Série B

O Operário perdeu do Cuiabá por 2 a 0 na noite desta sexta-feira (18) e segue ameaçado pela zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro Série B.

Rafael Gava e Jenison marcaram os gols da vitória do Cuiabá.

O duelo foi realizado na Arena Pantanal, em Cuiabá, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

Com a derrota, o Operário ficou estacionado com 38 pontos e pode terminar a rodada com apenas quatro pontos de distância para a zona de rebaixamento.

Já o Cuiabá garantiu mais uma rodada de permanência no G-4 da Série B, somando 50 pontos e tendo cinco de vantagem para o Sampaio Correia (que tem um jogo a menos) e o CSA.

As duas equipes voltam a campo na próxima terça-feira (22). O Operário recebe o Juventude no Germano Krüger, às 16h, enquanto o Cuiabá viaja para enfrentar o Náutico, às 21h30.

CUIABÁ APROVEITA ERROS DO OPERÁRIO PARA VENCER

O Cuiabá conseguiu abrir o placar logo aos dez minutos da primeira etapa. Jiménez errou passe na área direto nos pés de Rafael Gava, que ajeitou o corpo e bateu firme. A bola ainda bateu no travessão antes de quicar dentro do gol.

O Operário cresceu após o gol sofrido. Aos 16 minutos, Fabiano arriscou chute da intermediária e a bola passou rente ao poste direito de João Carlos.

Aos 28 minutos, foi a vez de Tomas Bastos levar perigo ao gol do Cuiabá. Em cobrança de falta na meia-lua da área, o meia carimbou o travessão.

Mas o Cuiabá quase ampliou o placar no contra-ataque. Aos 32 minutos, Auremir puxou contra-ataque do campo de defesa e na entrada da área arriscou a finalização, que passou perto do poste esquerdo.

Nova chance do Operário aos 34 minutos. Ricardo Bueno recebeu na área, fez o giro e bateu firme, mas à direita da meta.

A primeira chance do Operário na segunda etapa saiu aos seis minutos. Fábio Alemão cruzou da direita e Rafael Kunde fez o corte providencial antes da finalização de Tomas Bastos.

A resposta do Cuiabá veio aos 23 minutos. Romário puxou contra-ataque e rolou para Nenê Bonilha na entrada da área, mas a finalização do meia saiu à esquerda da meta.

O Cuiabá teve um gol anulado aos 27 minutos. Yago foi lançado na direita, puxou para o meio e bateu cruzado para Jenison dominar e bater na saída de Martín Rodríguez. Mas o lance foi invalidado por impedimento do centroavante.

Thomaz criou boa chance aos 30 minutos. O meia recebeu na direita, cortou para o meio e tentou o chute colocado, só que a bola passou raspando o poste direito.

Mas foi o Cuiabá quem balançou as redes na segunda etapa. Yago puxou contra-ataque pela direita e rolou para Jenison bater firme e vencer Martín Rodríguez.

O Operário chegou novamente com Thomaz aos 40 minutos. Ricardo Bueno encontrou bom passe para o meia na área, com o jovem chutando firme, a bola resvalando na marcação e João Carlos espalmando para escanteio.

Martín Rodríguez ainda salvou o terceiro gol do Cuiabá. Aos 47 minutos, Yago foi lançado nas costas da zaga, invadiu a área e bateu cruzado para o goleiro defender em dois tempos.

LEIA MAIS: Cartola FC: Escalação e dicas para pontos e cartoletas na 26ª rodada do Brasileiro

Previous ArticleNext Article