Curitibano de coração, Anderson Silva se despede do UFC neste sábado

Rafael Nascimento


Ex-campeão dos pesos-médios, Anderson Silva entrará pela última vez no octógono do UFC neste sábado (31). O ato final de sua trajetória vitoriosa nas artes marciais mistas (MMA), que teve início em Curitiba, celeiro da modalidade no país, acontecerá contra o jamaicano Uriah Hall, no UFC Vegas 12, nos Estados Unidos. O canal por assinatura Combate transmite o evento de despedida do “Spider” a partir das 17h (horário de Brasília).

Ao longo de 23 anos como atleta profissional, Anderson Silva se consolidou como o maior nome do MMA brasileiro de todos os tempos, contribuindo para popularizar e alavancar o esporte a um patamar até então desconhecido no país.

No UFC, onde defende a bandeira verde a amarela há 14 anos, o brasileiro reinou soberano entre 2006 e 2013, período em que defendeu o cinturão da categoria até 84 kg em dez ocasiões e emplacou vitórias emblemáticas, como sobre o norte-americano Chael Sonnen (2010 e 2012) e o compatriota Vitor Belfort (2011).

O sucesso na divisão o credenciou como o campeão mais dominante da história dos pesos-médios. Aos 45 anos, Anderson Silva detém até hoje o recorde de maior número de vitórias seguidas (16) e o maior número de dias como campeão (2.457), e é apontado por muitos como o principal atleta da história da organização.

Números da carreira de Anderson Silva o colocam entre os melhores de todos os tempos do UFC. Arte: Rafael Nascimento

Antes de brilhar no UFC, Anderson Silva acumulou sucesso em outros eventos de peso, como o lendário Pride, Meca, Shooto, Cage Rage e o Brazilian Freestyle Circuit, onde fez sua primeira luta como profissional, em 1997.

RAÍZES PROFUNDAS COM CURITIBA

Embora tenha nascido em São Paulo, Anderson Silva se mudou aos quatro anos para Curitiba, onde morando com os tios cresceu e passou sua infância e juventude. Na capital paranaense, Anderson iniciou o desenvolvimento de suas habilidades em diversas artes marciais: iniciou no Taekwondo, passando pelo Muay Thai e Jiu Jitsu até ser convidado a integrar a academia Chute Boxe, onde foi forjado pelos mestres Rafael Cordeiro e Rudimar Fedrigo. A rodagem adquirida em Curitiba foi o pontapé inicial para tornar seu jogo dentro do octógono não apenas completo, mas conhecido mundo afora.

Só casca grossa: Anderson Silva foi um dos nomes de peso do MMA lançados pela lendária Chute Boxe. Foto: Reprodução

Por conta do amor por Curitiba, Anderson revela que gostaria que sua despedida fosse na cidade.

“Passa um filme incrível, de uma história de muita superação, de muito aprendizado, de felicidade. Eu me sinto muito feliz de poder ter tido a oportunidade de ter sido usado por Deus para fazer o que fiz na história desse esporte. Para mim é o fim de uma era. Eu sempre sonhei em encerrar minha carreira em Curitiba, onde comecei, mas o momento é difícil (por conta da covid-19). O momento é diferente para todos, não só para mim, para o mundo inteiro”, disse o lutador, em entrevista ao programa Esporte Espetacular, da TV Globo.

Um fato curioso é que apesar de sua forte ligação com Curitiba, nenhuma de suas lutas pelo UFC aconteceu na cidade. Em 2016, ano que o evento desembarcou na capital paranaense, Anderson Silva foi escalado para se apresentar no badalado UFC 198, na Arena da Baixada, justamente contra Uriah Hall, adversário de hoje. No entanto, o lutador acabou retirado do card às pressas para ser submetido a uma cirurgia de emergência no abdômen, para tratar uma inflamação na vesícula biliar.

CONFIRA O CARD COMPLETO DO UFC VEGAS 12

Card Principal

Peso-médio: Uriah Hall x Anderson Silva

Peso-pena: Bryce Mitchell x Andre Fili

Peso-médio: Kevin Holland x Makhmud Muradov

Peso-pesado: Maurice Greene x Greg Hardy

Peso-leve: Bobby Green x Thiago Moisés

Card Preliminar

Peso-leve: Chris Gruetzemacher x Alexander Hernandez

Peso-médio: Sean Strickland x Jack Marshman

Peso meio-médio: Cole Williams x Jason Witt

Peso meio-pesado: Dustin Jacoby x Justin Ledet

Peso-mosca: Cortney Casey x Priscila Cachoeira

Peso-galo: Miles Johns x Kevin Natividad

Previous ArticleNext Article