Dado Cavalcanti é demitido do Paraná após derrota para o Coxa

Vinicius Cordeiro


O técnico Dado Cavalcanti não é mais o treinador do Paraná. O clube anunciou o desligamento do técnico nesta terça-feira (2), dois dias após a derrota por 1 a 0 para o Coritiba, resultado que selou a eliminação do Tricolor no Campeonato Paranaense 2019.

O auxiliar técnico Pedro Gama e o preparador físico Rodrigo Rezende também saem do clube.

Dado assumiu o comando da equipe em outubro do ano passado. Desde então, foram 22 jogos, com seis vitórias, sete empates e nove derrotas – um aproveitamento de 37,8%.

>>> Polícia tenta identificar torcedores que brigaram após Paratiba

>>> Torcedor sofre traumatismo craniano e GM precisa usar bala de borracha pra conter briga após Paratiba

Ele tinha a missão de reformular o elenco após a péssima campanha do Tricolor no Brasileirão do ano passado. Ele foi apresentado antes da confirmação do rebaixamento, mas o comandante já admitia que o clube não via mais possibilidades de escapar do retorno à Série B.

Na reta final de 2018, ele aproveitou mais os jogadores das categorias de base, como o meia Jhonny Lucas e os atacantes Andrey e Keslley e fez uma avaliação de quem poderia continuar no Paraná. Já nesse ano, o clube fechou com 19 contratações. Mesmo assim, além de não ter se classificado às semifinais do Estadual, o Tricolor também foi eliminado precocemente na segunda fase da Copa do Brasil para o Londrina.

Foi a segunda passagem de Dado Cavalcanti pelo Paraná. Antes, ele tinha comandado o clube entre maio e dezembro de 2013. Naquela ocasião, foram 36 jogos pelo Tricolor: 15 vitórias, nove empates e 12 derrotas.

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="607961" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]