Daniel Alves: "Se eu voltar ao Brasil, será para o Athletico"

O lateral-direito Daniel Alves, que está sem clube desde que deixou o Barcelona, admitiu que só volta para o futebol brasileiro para jogar no Athletico

Redação - 11 de julho de 2022, 14:18

(Marco Galvão/CBF)
(Marco Galvão/CBF)

O lateral-direito Daniel Alves, que está sem clube desde que deixou o Barcelona, admitiu que só volta para o futebol brasileiro para jogar no Athletico.

"Hoje estou desempregado, mas coisas interessantes surgiram. Estou analisando os lugares, vendo quais são competitivos. Quero um lugar onde possa vencer. Eu não descarto nada, mas se eu voltar ao Brasil, será para o Athletico-PR", afirmou o lateral, em entrevista ao jornal britânico The Guardian.

Em entrevista no final de junho, o presidente do Rubro-Negro, Mario Celso Petraglia, admitiu o interesse em Daniel Alves, mas que o negócio era difícil. "Ele precisa jogar em um clube de altíssimo nível e nós estamos competindo em três campeonatos seríssimos: Copa do Brasil, Brasileirão e Libertadores. Acho muito difícil, pelas propostas, não tem nenhum vínculo conosco. O sonho dele é ser convocado para a seleção, levantar a taça e ser o capitão. Diria que é zero? Não. Mas é muito próximo", disse, na ocasião.

O experiente jogador está na mira de outros clubes internacionais e o favorito para contar com ele é o Pumas, do México. De acordo com a ESPN, o clube mexicano ofereceu mais de R$ 10 milhões de salário por temporada.

DANIEL ALVES BRIGA POR UMA VAGA NA COPA DO MUNDO

Independente do destino, Daniel Alves já sabe da importância de atuar em alto nível até a Copa do Mundo. O técnico Tite admitiu que teve uma conversa com o experiente jogador sobre o assunto. "Conversei com ele e brinquei: ‘Dani, você não vai estar na Copa só por um motivo: se fisicamente não estiver nas melhores condições e num campeonato de alto nível", falou, em entrevista ao podcast Podpah, no dia 20 de junho.