De olho na reabilitação do Londrina, Roberto alerta: “Na Série B, a margem de erro é pequena”

Depois da partida em Belém, o foco na reabilitação já faz parte do discurso da equipe principal do Londrina. Mas o jogo ..

Francielly Azevedo - 25 de abril de 2018, 11:15

Foto: Gustavo Oliveira &#124 LEC
Foto: Gustavo Oliveira &#124 LEC

Depois da partida em Belém, o foco na reabilitação já faz parte do discurso da equipe principal do Londrina. Mas o jogo que terminou com a vitória do Paysandu deixa um aprendizado que o Tubarão não vai esquecer para a sequência da competição, conforme avalia o lateral-esquerdo Roberto.

“É claro que a derrota para o Paysandu não estava nos nossos planos”, afirma o jogador. “Mas é uma coisa que temos que tomar como aprendizado, pois na Série B a margem de erro é muito pequena. É em situações assim que se pode complicar todo um trabalho. Nossa desatenção ali depois do ‘apagão’ foi crucial para a vitória deles”, lembra.

Melhor em campo que o adversário no início da partida, o Alviceleste foi surpreendido com uma queda de luz no estádio da Curuzu, em Belém, aos 29 minutos da etapa inicial. A partida ficou paralisada durante meia hora e foi reiniciada ainda com parte da iluminação apagada. Logo no primeiro minuto após o retorno, o Paysandu chegou ao gol da vitória.

“Essa falta de concentração no reinício que foi crucial. Mas agora, não temos mais o que lamentar”, continuou o Camisa 6, um dos destaques do LEC na partida. “Agora temos que pensar só na Ponte Preta. Temos a competição inteira pela frente e precisamos ir em busca da vitória já lá em Campinas”, finalizou.