Em jogo de sete gols, Botafogo bate Vitória e se afasta da degola

Folhapress


O Botafogo conseguiu importante resultado na luta contra o rebaixamento ao vencer o Vitória por 4 a 3, neste domingo (23), no Barradão. O jogo foi movimentado e contou com sete gols. Kieza, Rodrigo Lindoso, Leo Gomes (contra) e Erik marcaram para o Alvinegro, enquanto Lucas Fernandes, Fabiano e Mauricio descontaram para os donos da casa.

A vitória representa um alívio para o Botafogo, que chega aos 32 pontos e se afasta da zona de rebaixamento. O time pulou para a 11ª posição e respira tranquilo após longo período com a corda no pescoço. O time, agora, encara o São Paulo, no domingo, no Nilton Santos (Engenhão).

O Vitória, por sua vez, segue com 29 pontos, na 14ª colocação e encara o Inter, no domingo, no Beira-Rio.
O Vitória precisou de apenas 40 segundos para abrir o placar diante do Botafogo. Os donos da casa se lançaram ao ataque após o apito inicial e na primeira tentativa chegaram às redes. Lucas Fernandes recebeu dentro da área, driblou Moisés e finalizou no canto direito de Saulo, que nada pôde fazer: 1 a 0.

Ex-jogador do Vitória, Kieza dava muito trabalho à zaga adversária e reclamava muito com a arbitragem. O protagonismo chamou atenção da torcida da casa, que passou a perseguir o atleta. O camisa 9 não se acovardou e mostrou estar com pé calibrado. Aos 24min, ele ganhou da defesa e chutou firme no canto de Ronaldo: 1 a 1.

O Botafogo passou a mandar nas ações da partida, e o gol da virada parecia questão de tempo. E foi o que aconteceu. Aos 42min, Erik arrancou pela direita e deixou Rodrigo Lindoso de frente para Ronaldo. O volante foi frio e mostrou muita categoria na finalização. De cavadinha, encobriu o goleiro do Vitória e decretou a virada antes do intervalo.

No intervalo, o técnico Carpegiani mandou o time para cima. Colocou em campo André Lima e também Wallyson, que fez grande jogada logo na primeira vez que apareceu e cruzou na medida para Fabiano empatar de cabeça: 2 a 2.

Quando o Vitória empatou e parecia que faria pressão no adversário, o Botafogo respondeu. Moisés fez boa jogada pela esquerda e cruzou na direção de Kieza. Na tentativa de se antecipar para cortar, Léo Gomes acabou traindo o goleiro Ronaldo ao mandar contra as próprias redes: 3 a 2.

Aos 41min do segundo tempo, o Botafogo ainda teve a chance de ampliar. Em contra-ataque, a equipe carioca tinha três jogadores contra apenas um marcador, mas Erik preferiu a jogada individual e chutou em cima de Ronaldo. Rodrigo Pimpão e Brenner, que estavam livres, cobraram o companheiro.

Previous ArticleNext Article