De virada, Operário bate Avaí no Germano Krüger e engata segunda vitória seguida na Série B

Rafael Nascimento


O Operário venceu o Avaí, de virada, por 2 a 1, na noite desta sexta-feira (29) no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, em partida válida pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O resultado mantém o embalo do Fantasma na disputa, que vinha de boa vitória sobre o CSA por 4 a 2, fora de casa, e conquista a segunda vitória consecutiva na competição.

Todos os gols saíram no segundo tempo: Copete abriu o placar para o Avaí, mas apoiado pela torcida o Operário buscou o resultado com Alan e um golaço de Paulo Sérgio.

Com os três pontos, o time paranaense ganha duas posições na tabela e agora é o 12º colocado, com 41 pontos.

 

Torcida do Fantasma fez a festa no Germano Krüger. Foto: André Jonsson/OFEC

Mesmo com a derrota, o Avaí permanece no G-4, na 3ª colocação, com 53 pontos e boas chances de acesso.

O próximo compromisso do Leão será o lanterna Brasil de Pelotas, na terça-feira (2) às 16h no estádio Bento Freitas, em Pelotas.

Já o Fantasma terá um duelo 100% paranaense pela frente, e visita no dia seguinte (3) o líder Coritiba, às 18h30, no Couto Pereira.

Operário larga atrás, mas se recupera e arranca virada no Germano Krüger

O início de jogo foi quente. O Operário chegou logo aos dois minutos e por muito pouco não abriu o placar com Marcelo. Após boa triangulação com Paulo Sérgio e Thomas, o camisa 8 recebeu na risca da pequena área, mas arrematou sobre o goleiro Glédson.

A resposta do Avaí foi rápida. Lourenço recebeu pela esquerda e arriscou de longa distância, obrigando Thiago Braga a se esticar e mandar para escanteio.

Empurrado pela torcida que participou em bom número no Germano Krüger, o Fantasma teve nova boa chance aos 13: Rafael Longuine recebeu na área e alçou na cabeça de Thomaz, mas a bola tirou tinta da trave e foi pra fora.

Apesar da boa movimentação das equipes, a partir daí as chances de gol minguaram e os times foram para o vestiário em igualdade.

O placar não permaneceria zerado por muito tempo na etapa final. Logo no primeiro minuto, Getúlio fez jogada de profundidade pela esquerda e serviu o colombiano Copete, que teve tempo de deslocar o goleiro para abrir o placar: 1 a 0.

O mesmo Copete, aos 11, puxou o contra-ataque e saiu cara a cara com o goleiro, mas Thiago Braga evitou o segundo gol.

O técnico Ricardo Catalá promoveu mudanças no Operário e a equipe buscou o empate com o promovido Alan, aos 27, de cabeça: 1 a 1.

O time da casa cresceu de produção e virou o jogo em grande estilo, aos 33. Com liberdade, Paulo Sérgio recebeu de Thomaz no miolo da área e finalizou no ângulo esquerdo de Glédson, sem chances para o goleiro: 2 a 1.

O Avaí ainda tentou o empate até o último dos sete minutos de acréscimo, com Valdívia e Vinícius Leite, mas o Operário se segurou e conquistou a vitória, para a festa da torcida.

Campeonato Brasileiro Série B

Operário 2×1 Avaí

Local: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa.
Gols: Copete (Avaí); Alan e Paulo Sérgio (OFEC).
Cartões Amarelos: Copete , Jean Cléber e Edílson (Avaí).

Operário: Thiago Braga; Lucas Mendes, Fábio Alemão Reniê e Fabiano; Leandro Vilela (Djalma Silva), Marcelo e Rafael Longuine (Alan); Thomaz (Pedro Ken), Paulo Sérgio e Felipe Garcia (Rafael Chorão).

Avaí: Glédson; Diego Renan, Alemão, Rafael Pereira e João Lucas; Bruno Silva, Lourenço (Valdívia) e Jean Cléber (Marcos Serrato); Jadson (Romulo), Copete (Jonathan) e Getúlio (Vinícius Leite).

Arbitragem: Caio Max Augusto Vieira (RN), assistido por Jean Marcio dos Santos (RN) e Lorival Candido das Flores (RN). Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN) foi o árbitro de vídeo.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="800293" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]