Em Chapecó Atlético-PR busca primeira vitória fora e distância da ZR

Roger Pereira


O Atlético visita, nesta noite, a Chapecoense, na Arena Condá, em jogo remarcado da 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida deveria ter ocorrido no dia 22 de agosto, mas foi adiado porque a delegação atleticana não conseguiu chegar à cidade catarinense por conta das condições do tempo.

Após o compromisso desta noite, marcado para as 20h, o Furacão se igualará aos demais clubes do campeonato no número de partidas disputadas e terá o panorama real do que lhe espera para a reta final da competição. A três pontos da Zona de rebaixamento, na 14ª posição, com 27 pontos, o Atlético pode ver essa diferença reduzir para dois pontos, em caso de derrota, ou abrir uma margem segura de seis pontos e pensar, até em classificação para as competições continentais, em caso de vitória.

Vitória que seria a primeira do time fora de casa em todo o campeonato. Os maus resultados como visitante, inclusive, frearam a boa reação que o Furacão vinha demonstrando no pós-Copa. Após oito jogos sem derrota, o time acumulou dois tropeços seguidos, contra Palmeiras e Atlético-MG.

Contra a chape, penúltima colocada do campeonato, o time busca quebrar esse tabu. Para isso, o técnico Tiago Nunes deve fazer quatro mudanças entre os titulares. Isso porque o comandante não poderá contar com o lateral-direito Jonathan e os meias Lucho González e Nikão, todos suspensos. Em contrapartida, voltam a ficar à disposição o lateral-esquerdo Renan Lodi e o volante Wellington, na última partida.

Um dos destaques do time na temporada, Lodi volta naturalmente no lugar de Márcio Azevedo. Wellington pode suprir a ausência de Lucho. Já para o lugar de Nikão, Rony, que entrou nos últimos três jogos, pode começar como titular pela primeira vez. Para o lugar de Jonathan, Nunes pode improvisar Matheus Rosseto ou apostar em um dos jogadores do time de aspirantes: Diego Ferreira ou Reginaldo.

Previous ArticleNext Article
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal