Em jogo cheio de expulsões, Palmeiras perde para o Cerro, mas avança na Libertadores

Francielly Azevedo


Jogando em casa, o Palmeiras perdeu para o Cerro Porteño, por 1 a 0, nesta quinta-feira (30), mas avançou para as quartas de final da Libertadores. O verdão tinha vencido o duelo de ida por 2 a 0. O jogo foi tenso, marcado pela expulsão de três jogadores e até de gandulas.

O duelo começou tenso para o verdão. Logo aos três minutos, a equipe ficou com um a menos em campo. Felipe Melo deu uma entrada violenta em Víctor Cáceres. O árbitro sinalizou o amarelo, mas voltou atrás e mostrou o cartão vermelho direto.

Com a expulsão, Felipão foi obrigado a mexer no posicionamento da equipe. Com o Palmeiras se defendendo, o confronto ficou morno. De um lado o Cerro com mais posse de bola, do outro o time paulista tentando encaixar um contra-ataque.

Aos 26, até conseguiu o contra-golpe. Diogo Barbosa puxou e abriu para Willian. O jogador cruzou no meio da área, mas a bola foi muito forte para Borja. Aos 29, novo contra-ataque, dessa vez  Borja acionou Willian, que bateu de primeira, mas Antony espalmou.

Na volta do intervalo, o Palmeiras voltou a sofrer para segurar o placar com um jogador a menos. Aos 10, Dudu cobrou falta, Edu Dracena desviou e Borja quase acertou o gol. Só que Antony evitou.

Porém, um minuto depois, o Cerro abriu o placar. Arzamendia cruzou e pegou Weverton no susto. A bola fez a curva e entrou direto no gol.

As duas equipes tentaram chegar a gol. Aos 21, Palau mandou de fora da área um chute venenoso. No minuto seguinte a resposta palmeirense, Willian soltou uma bomba de fora da área, para o goleiro rival espalmar.

Em busca da disputa de pênaltis, o Cerro iniciou a pressão. Ao palmeiras restou se defender.

Já no final, o jogo passou a ficar nervoso. Os jogadores começaram a se desentender em campo e o juiz precisou intervir. Aos 48, Deyverson provocou os atletas do Cerro ao chamar a torcida do Palmeiras para cantar após receber falta. Por consequência, o atleta palmeirense terminou expulso. Na confusão, Marcos Cáceres empurrou Deyverson e também foi para o vestiário mais cedo. O clima era tão tenso, que até gandulas terminaram expulsos pelo árbitro. Mas o placar não mudou e o Palmeiras terminou classificado.

O time palmeirense vai enfrentar o Colo-Colo nas quartas de final, em data ainda a ser definida.

 

 

 

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.