Em mensagem de WhatsApp, deputado reclama de julgamento do STJD

Redação


O julgamento do JMalucelli,no meio da semana, pelo STJD, foi considerado teatral pelo deputado federal  Evandro Roman, que encaminhou uma mensagem de Whatsapp ao procurador Paulo Schmidt, atualmente advogado do Toledo, durante o final de semana. O julgamento do meio de semana fez com que o Jotinha perdesse 16 pontos por causa de uma suposta irregularidade na utilização do atacante.

Segundo fontes ligadas ao clube, o ex-árbitro e o deputado se comunicaram. “Paulo, não estou conseguindo dormir mediante a injustiça que vi hoje nó STJD no aspecto do não chaveamento novo para está fase!  Aos poucos vai me ficando claro todas as ações e tudo lá foi um grande teatro, onde tudo já foi levado decidido com o relator no mínimo um dia antes, inclusive que sairia o J. Malucelli e entraria o Rio Branco e não se modificava o chaveamento para não prejudicar a dupla atletiba. Gomide aparece por lá, mas como está tudo decidido foi aconselhado a não ficar no local para não chamar a atenção, certo? Então eu lá com a esperança de que homens limpos em prol de fazer o que o Superior Tribunal de JUSTIÇA Desportiva, ao se deparar com tamanha irregularidade pudesse fazer o que lhe seria de ofício, ou seja, Justiça! Não foi isso que ocorreu, e vi ali um pouco de como são feitas as decisões daquele tribunal! Passei a lhe admirar mais ainda como Advogado agora, que três dias antes já estava no Rio trabalhando os votos de como seria este teatro do julgamento neste dia 06.04.17. Paulo, cada um luta com as armas que tem, e eu lutarei incansavelmente para mostrar cada ação de como foi este julgamento e seus encaminhamentos para se chegar!  Abraço”.

A  conversa mostra na íntegra a preocupação de Roman com o destino do Jotinha. O deputado foi contatado, mas não foi encontrado para dar sua versão sobre o caso.

Previous ArticleNext Article