Estrangeiros compram maioria dos 1,7 mi de ingressos para a Copa na Rússia

Fábio Aleixo - Folhapress

A Fifa divulgou nesta terça-feira (3) que já vendeu 1.698.049 ingressos para a Copa do Mundo da Rússia, que começa em 14 de junho. De acordo com a entidade, 53% dos bilhetes foram adquiridos por estrangeiros e 47% por cidadãos russos. Na quarta etapa de vendas, encerrada na segunda-feira (2), 394.433 bilhetes foram alocados, sendo 9.962 para brasileiros.
A Fifa não divulgou o total de ingressos já adquiridos por cidadãos de cada país. Mas os brasileiros já compraram mais de 66 mil entradas. Isso levando em consideração as 31.404 compradas na primeira etapa e as 24.656 adquiridas na terceira. A Fifa não publicou um balanço detalhado do segundo período.
A última fase de vendas de ingressos para o Mundial começará em 21 de abril e se estenderá até 15 de julho, data da final. Até lá, a Fifa divulgará quais partidas já estão com ingressos esgotados. A fase encerrada na segunda-feira já iniciou-se sem entradas para Argentina x Islândia e para a decisão.
Nesta etapa, a venda será por ordem de chegada no site da Fifa ou nos centros de venda fixos que serão abertos nas 11 cidades que receberão os jogos. Quem adquiriu as entradas até segunda-feira (2) as receberá em casa por serviço postal.
Quem comprar na última fase, precisará retirá-las na Rússia. Para ter acesso aos estádios, todos os portadores de ingressos deverão fazer a sua Fan ID (identidade do fã). É um documento exigido pelo governo russo para controlar também a entrada das pessoas no país e combater o hooliganismo e possíveis atentados terroristas.
A expectativa da Fifa e do COL (Comitê Organizador Local) é que 3 milhões de pessoas estejam nos estádios durante o Mundial.

Previous ArticleNext Article