Gabriel Jesus marca e Manchester City derrota o Everton

Vinicius Cordeiro


Fora de casa, o Manchester City contou com os gols de Gabriel Jesus, Mahrez, em cobrança de falta, e Sterling para vencer o Everton por 3 a 1 neste sábado (28). Calvert-Lewin descontou, mas não evitou o revés dos Gunners. O jogo foi válido pela sétima rodada da Premier League.

39.222 pessoas acompanharam o duelo no Goodison Park, em Liverpool.

Com o resultado, o City segue na segunda posição do Campeonato Inglês e chega aos 16 pontos, cinco a menos do líder Liverpool.

Do outro lado, o Everton amarga a terceira derrota seguida. Com sete pontos e na 15ª rodada, o técnico Marco Silva vê seu cargo ameaçado.

GARÇOM DO CITY

De Bruyne foi o grande nome do jogo. Com ótimas participações, o belga foi decisivo e deu a assistência para o gol de Gabriel Jesus.

Já são oito passes para gol nos sete jogos do Campeonato Inglês desta temporada. O recorde de assistências é do ex-atacante francês Thierry Henry, com 20 assistências na temporada 2002/2003. Será que De Bruyne será capaz de superar a marca?

city everton premier league
Divulgação / Premier League

PRÓXIMOS JOGOS

Evertone City voltam a campo pelo Campeonato Inglês no próximo final de semana.

Os Gunners vão encarar o Burnley no próximo sábado (5), às 11h (horário de Brasília), no estádio Turf Moor.

Já os Citizens recebem o Wolverhampton no domingo (6), às 10h, no Etihad Stadium.

O JOGO

No primeiro minuto, o Everton perdeu o atacante Theo Walcott, machucado e substituído por Iwobi. Do outro lado, o City criou boas chances, principalmente com Mahrez.

Além de exigir boas defesas de Pickford, ele cruzou na medida para Gundogan. Apesar de estar livre de marcação e com o gol escancarado, o alemão carimbou o travessão e desperdiçou ótima chance.

Aos 23, o City abriu o placar. De Bruyne cruzou na medida para Gabriel Jesus mergulhar com estilo e balançar as redes. Aresposta dos donos da casa veio no minuto seguinte. Sigurdsson chutou forte e Ederson fez a defesa.

O Everton chegou ao empate aos 33. O lateral Coleman recebeu dentro da área e deu uma cavadinha para encobrir Ederson. O atacante Calvert-Lewin ainda se jogou na bola e “roubou” o gol do companheiro.

Coleman vê Calvert-Lewin roubar seu gol. (Divulgação / Premier League)

SEGUNDO TEMPO

O Everton quase conseguiu a virada em uma boa cabeçada Mina, mas Ederson fez outra grande defesa.

Depois, o City melhorou e passou a controlar as ações do jogo. Aos 14, Sterling saiu na cara do gol, mas chutou para fora.

Para sorte do atacante inglês, Mahrez apareceu bem na cobrança de falta. Ele bateu no canto de Pickford, mas o goleiro falhou no lance decisivo.

Do outro lado, Ederson foi decisivo. O brasileiro fez defesaças nas tentativas de Calvert-Lewin e Mina, praticamente salvando o triunfo.

O gol que definiu o placar saiu aos 39. Aguero, que entrou no lugar de Jesus, tocou para Sterling bater firme. A bola foi no travessão antes de passar a linha do gol, confirmado com a tecnologia já consagrada no Campeonato Inglês.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="660216" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]