Ex-presidente do Inter acerta soco em jornalista ao vivo na TV

Julie Gelenski


Com informações do UOL

[insertmedia id=”neiNUnml3uo”]

Realmente não está fácil Torcer para o Inter, principalmente depois que o time caiu para série B. E ficou claro na atitude de Fernando Miranda, ex-presidente do clube. Ontem (12), durante o programa Cadeira Cativa, da Ulbra TV, ele se irritou com o jornalista Julio Ribeiro e acertou-lhe um soco transmitido ao vivo. Miranda comandou o clube entre 2000 e 2001.

A discussão era sobre o momento que vive o time colorado. Ambos falavam ao mesmo tempo e o apresentador, Luiz Carlos Reche, tentava conter os ânimos alterados. Até que Miranda levantou-se da cadeira, e acertou o soco direto no rosto Ribeiro.

Ernani Campelo, que também jornalista e participava da mesa redonda ajudou a separar a briga. Por alguns instantes o programa saiu do ar mas voltou em seguida com o ex-presidente participando normalmente e o jornalista não.

Ao fim do programa, o apresentador, Luiz Carlos Reche, pediu desculpas pelo ocorrido: “Infelizmente acontece, os nervos estão à flor da pele, o presidente se sentiu ofendido e acabou partindo para as vias de fato (….) Fazer o que, aconteceu. Peço desculpas”.

O jornalista que foi agredido é torcedor do Internacional e editor da Revista Press, de circulação no Rio Grande do Sul. No Facebook, classificou a situação como ”lamentável”.

”Estou bem fisicamente, mas muito abalado emocionalmente. Amanhã pela manhã, vou contar detalhadamente o que aconteceu. Já tem video rolando pela internet, editado, sem a minha fala de menos de um minuto”, disse, prometendo publicar o vídeo na íntegra nesta terça-feira. “Já acionei meu advogado e amanhã mesmo ingresso com uma ação contra esse descontrolado.”

Miranda, por sua vez, assumiu o clube após a renúncia de Jarbas Lima, em 2000 e comandou o Internacional em momentos difíceis até 2002, quando entregou o cargo máximo para Fernando Carvalho. Sua gestão foi marcada pela tentativa de recuperação financeira do clube, com poucos reforços e nenhum título. Carlos Alberto Parreira foi o técnico da equipe, que terminou o Brasileiro, na ocasião, na 9ª colocação. Melhor que o rebaixamento para série B, confirmado no último domingo.

Jornalistas já se manifestam contra atitude do ex-presidente que agrediu Julio Ribeiro e também não aprovam a atitude do apresentador Luiz Carlos Reche, que tentou minimizar a situação.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="403116" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]