F1: Hamilton larga na pole, com Verstappen em 2°; veja o grid do GP do Catar

Redação

f1, fórmula 1, gp do catar, gp do qatar, losail, grid de largada, classificação, treino classificatório, grid, q1, q2, q3, valteri bottas, max verstappen, lewis hamilton

Lewis Hamilton marcou o melhor tempo no treino classificatório deste sábado e vai largar na pole position do GP do Catar de F1. O britânico da Mercedes fez a volta em 1m20s827.

Um acidente com o carro de Pierre Gasly (AlphaTauri) ocasionou uma bandeira amarela, impedindo que os demais pilotos tentassem uma segunda volta rápida no Q3.

Líder do campeonato mundial de pilotos da F1, o holandês Max Verstappen larga em segundo.

Na segunda fila, largam Valteri Bottas (Mercedes) e Pierre Gasly (AlphaTauri). Em 5º, estará Fernando Alonso (Alpine), ao lado de Lando Norris (McLaren).

Na quarta fila, aparecem Carlos Sainz Jr. (Ferrari) e Yuki Tsunoda (AlphaTauri). Na quinta fila, largam Esteban Ocon (Alpine) e Sebastian Vettal (Aston Martin).

O GP do Catar de F1 (Grande Prêmio do Qatar) acontece neste domingo (21). A largada está prevista para as 10h (horário de Brasília). O evento é transmitido ao vivo pela TV Band e pela rádio BandNews FM.

Q1

Apesar do domínio dos carros da Mercedes no três treinos livres que antecederam o treino classificatório do GP do Catar de F1, Max Verstappen superou os problemas na asa traseira para marcar o segundo melhor tempo do Q1, com 1m21s996.

Lewis Hamilton foi o mais rápido 1m21s901. Valteri Bottas marcou o terceiro melhor tempo, com 1m22s016.

Com uma série de problemas no final de semana, Nikita Mazepin (Haas) foi o mais lento, quase 4 segundos atrás de George Russel (Williams), último classificado para o Q2, em 15º.

Foram eliminados no Q1: Kimi Raikonnen (Alfa Romeo), Nicholas Latifi (Williams), Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo), Mick Schumacher (Haas) e Nikita Mazepin (Haas).

Q2

Três décimos mais lento do que o companheiro de equipe, Max Verstappen, o mexicano Sergio Pérez marcou apenas o 11° melhor tempo e foi eliminado no Q2.

Lewis Hamilton surpreendeu ao sair para a pista com pneus de composto médio (amarelo) e, mesmo assim, cravar 1m21s6 logo na primeira volta. Também com pneus médios, Verstappen avançou em quarto.

Os carros da AlphaTauri e da Alpine confirmaram o bom desempenho nos treinos livres e avançaram para o Q3. Pierre Gasly fez o segundo melhor tempo e Fernando Alonso, o terceiro.

Foram eliminados no Q2: Sergio Pérez (Red Bull), Lance Stroll (Aston Martin), Charles Leclerc (Ferrari), Daniel Ricciardo (McLaren) e George Russell (Williams).

GP do Catar: Q3

O último trecho do treino qualificatório para o GP do Catar de F1 (Grande Prêmio do Qatar) foi atrapalhado na reta final por um acidente envolvendo o carro de Pierre Gasly (AlphaTauri), que perdeu o bico e furou o pneu após atacar uma zebra.

Lewis Hamilton foi o único piloto a conseguir dar duas voltas rápidas. Os demais pilotos não puderem completar a segunda volta devido à bandeira amarela anunciada pela direção de prova.

O vice-líder do campeonato mundial de pilotos da Fórmula 1 fez uma volta na casa de 1m20s8, e dificilmente seria superados, mesmo que os demais pilotos pudessem completar a segunda volta.

Na primeira fila do grid de largada, Hamilton estará acompanhado do principal rival na temporada, Max Verstappen (Red Bull).

GP DO CATAR

O GP do Catar de F1 (Grande Prêmio do Qatar) estreia no calendário da Fórmula 1. Disputado no sentido horário, os pilotos encaram 16 curvas em 5,38 quilômetros. O traçado é composto por uma grande reta seguida por uma sequência de curvas.

Há apenas uma zona de DRS (asa móvel). De acordo com os analistas, o circuito de Losail, no Catar, mostra um traçado de difícil ultrapassagem. Apenas a curva 1 se mostra como um evidente ponto para troca de posições.

F1 AO VIVO

O GP do Catar de F1 é transmitido ao vivo no Brasil pela TV Band, e também pelo aplicativo Band Play. No rádio, a Fórmula 1 é transmitida ao vivo pela BandNews FM.

CAMEPEONATO MUNDIAL DE PILOTOS

O circo da F1 chega à 20ª etapa do Campeonato Mundial com a situação indefinida. O holandês Max Verstappen (Red Bull) lidera entre os pilotos, com 332,5 pontos. Na cola dele está o britânico Lewis Hamilton (Mercedes), com 318,5 pontos.

O heptacampeão mundial vem de uma corrida histórica do GP de São Paulo de Fórmula 1. Desclassificado do treino classificatório, Hamilton largou em 20º na sprint race e terminou em 5º. Punido com a perde de mais cinco posições, largou em 10º e venceu, superando Verstappen em um duelo impressionante em Interlagos.

Com o desempenho histórico no Brasil – considerado um dos melhores finais de semana da carreira do piloto -, Hamilton diminuiu a diferença para Verstppen caiu de 21 para 14 pontos.

Após o GP do Catar, a F1 vai para a Arábia Saudita. A penúltima etapa acontece no dia 5 de dezembro. O Circuito de Jeddah é totalmente inédito e não é possível saber qual equipe terá vantagem. O GP de Abu Dhabi encerra o campeonato no dia 12 de dezembro.

MUNDIAL DE CONSTRUTORES DE F1

No Campeonato Mundial de Construtores da F1, após 19 corridas, a Mercedes lidera com 521,5 pontos. A Red Bull aparece na cola dos alemães, com 510,5 pontos.

Enquanto a disputa pelo título segue completamente indefinida, a briga pelo terceiro lugar ficou menos equilibrada. Com a perda de desempenho da McLaren nas últimas corridas, a Ferrari se estabeleceu no terceiro lugar (287,5 a 256).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="804804" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]