F1: Hamilton deve trocar motor e perder 5 posições no GP de São Paulo

Luciano Trindade, Folhapress


A preparação para o GP de São Paulo começou com mais um obstáculo para Lewis Hamilton. O vice-líder do Mundial de F1 precisa trocar o motor de combustão de sua Mercedes e será punido com a perda de cinco posições no grid da largada da etapa marcada para domingo (14), em Interlagos.

A troca da peça já era um problema com o qual o chefe da equipe, Toto Wolff, previa que teria de lidar em algum momento da reta final da temporada –após a corrida no Brasil, serão mais três provas, no Qatar, na Arábia Saudita e em Abu Dhabi.

No final de outubro, Wolff chegou a declarar que a mudança era um risco calculado. “É uma decisão que não tomamos ainda, mas temos de avaliar o risco”, disse.

Oficialmente, no entanto, a escuderia ainda não confirmou a mudança no carro do inglês. Desta forma, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo), também não informou sobre a punição.

O grid de largada do GP de São Paulo vai ser definido com uma corrida sprint -cerca de 24 voltas- no sábado (13), às 14h30. A punição de cinco posições vale para a prova completa, que será disputada no domingo, às 14h. A Band vai transmitir a corrida.

Ter um bom desempenho no Brasil é fundamental para o heptacampeão continuar na briga pelo título. O holandês Max Verstappen, da Red Bull, lidera o campeonato, com 312,5 pontos. O piloto da Mercedes tem 293,5 pontos.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="802838" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]