FC Cascavel vence Ponte Preta e avança na Copa do Brasil

O FC Cascavel venceu a Ponte Preta por 1 a 0 na noite desta terça-feira (22) e garantiu vaga na segunda fase da Copa do Brasil.

Jorge de Sousa - 22 de fevereiro de 2022, 23:30

Carlos Movimento e Foco
Carlos Movimento e Foco

O FC Cascavel venceu a Ponte Preta por 1 a 0 na noite desta terça-feira (22) e garantiu vaga na segunda fase da Copa do Brasil.

Diego Giaretta marcou o gol da vitória do Londrina, aos 48 minutos do primeiro tempo.

Além da vaga na segunda fase da Copa do Brasil pelo segundo ano seguido, o FC Cascavel garantiu R$ 1.370.000 como premiação na competição nacional.

Na segunda fase, o FC Cascavel pode enfrentar o Tocantinópolis ou o Náutico, que se enfrentam nesta quarta-feira (23), em Ribeirão (TO).

FC CASCAVEL DOMINA PONTE E MARCA QUATRO VEZES PARA VALER UM

O FC Cascavel criou chance de gol antes do primeiro minuto. Carlos Henrique foi acionado na área, mas finalizou por cima da meta.

Pedro Júnior perdeu chance incrível para abrir o placar para a Ponte Preta aos 13 minutos. André Luiz puxou contra-ataque pelo meio e serviu Pedro, que tropeçou e caiu no gramado sozinho.

Douglas Marques evitou o gol da Ponte Preta aos 20 minutos. Léo Naldi aproveitou sobra na entrada da área e finalizou no canto direito para o goleiro espalmar.

O FC Cascavel teve um gol anulado aos 22 minutos. Robinho bateu escanteio da direita, Lucas Oliveira ajeitou de cabeça e Léo Itaperuna completou para as redes. Mas a arbitragem assinalou impedimento do centroavante.

Carlos Henrique também perdeu chance incrível aos 24 minutos. Willian Gomes disparou pela esquerda e rolou na área, mas o centroavante errou o domínio e a bola saiu pela linha de fundo.

Nova chance do FC Cascavel aos 39 minutos. Robinho lançou Mikael Doka, o lateral bateu cruzado e Ygor Vinhas espalmou.

Outro gol anulado por impedimento para o FC Cascavel aos 41 minutos. Robinho bateu falta da intermediária e Carlos Henrique testou no canto esquerdo, mas o centroavante estava em posição irregular.

A pressão do FC Cascavel resultou em gol aos 48 minutos. Robinho bateu escanteio da direita, Willian Gomes foi travado na finalização, Lucas Oliveira ficou com a sobra e ajeitou para Diego Giaretta testar para as redes.

Mesmo com a vantagem no placar, o FC Cascavel seguiu no ataque na segunda etapa. Aos dois minutos, Alex Nemeth finalizou de fora da área para Ygor Vinhas espalmar no canto direito.

A Ponte Preta quase buscou o empate aos 10 minutos. Pedro Júnior foi acionado na área e ajeitou de cabeça para Matheus Anjos, mas o meia pegou fraco na bola e Douglas Marques fez fácil defesa.

A resposta do FC Cascavel veio aos 14 minutos. Alex Nemeth bateu falta lateral, Thiago Lopes errou o corte pelo alto e Léo Itaperuna cabeceou rente ao travessão.

Douglas Marques evitou o empate da Ponte Preta aos 22 minutos. Ribamar foi lançado na área e o goleiro fechou o ângulo para espalmar a bola na pequena área.

Aos 31 minutos, foi a vez da Ponte Preta ter um gol anulado. Fessin bateu falta da esquerda e Diego Giaretta mandou a bola contra a própria meta. Mas a arbitragem assinalou que Léo Santos empurrou Giaretta no lance.

Mas aos 34 minutos, a arbitragem invalidou um gol legal do FC Cascavel. Vinícius Balotelli cruzou da esquerda e Samuel completou na pequena área. A arbitragem assinalou impedimento, mas o atacante estava atrás da linha da bola no cruzamento de Balotelli.

Aos 42 minutos, Echeverría e Fabrício ainda trocaram empurrões e ambos foram expulsos de forma direta pelo árbitro Rodrigo Carvalhaes.

FC CASCAVEL 1 X 0 PONTE PRETA

Local: Olímpico Regional, Cascavel

Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (CBF-RJ)

Assistentes: Michael Correia (CBF-RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (CBF-RJ)

FC CASCAVEL

Douglas Marques, Mikael Doka (Jamerson), Diego Giaretta, Lucas Oliveira e Willian Simões; Willian Gomes, França (Echeverría), Robinho e Alex Nemetz (Gama); Léo Itaperuna (Vinícius Balotelli) e Carlos Henrique (Samuel) T.: Tcheco.

PONTE PRETA

Ygor Vinhas, Kevin, Thiago Lopes, Fabrício e Léo Santos; Léo Naldi (Josiel), André Luiz, Fessin e Thalles (Matheus Anjos); Pedro Júnior (Ribamar) e Lucca. T.: Ivo Secchi.

Gol: Diego Giaretta (48 minutos/1ºT)

Cartões amarelos: França, Diego Giaretta e Vinícius Balotelli (FCC); Thiago Lopes, Lucca e Léo Naldi (PON)

Cartões vermelhos: Echeverría (FCC); Fabrício (PON)

LEIA MAIS: Chelsea vence o Lille e abre vantagem nas oitavas da Champions