Federação faturou mais de R$ 500 mil com os jogos do Campeonato Paranaense 2019

Vinicius Cordeiro

A Federação Paranaense de Futebol (FPF) lucrou R$ 583.575,00 nos jogos do Campeonato Paranaense 2019.

O valor retrata apenas o faturamento com os 10% da renda de cada partida e foi calculado de acordo com os boletins financeiros informados pela FPF em seu site.

Segundo artigo 33 do o regulamento do torneio, a Federação ficava com 10% da renda de cada partida.

“Cabe à FPF a negociação relativa à exploração de publicidade estática (placas em primeira linha de TV, infláveis, tapetes ao redor do gramado) nos estádios em que se realizem o CAMPEONATO, com direito a taxa de administração de 10% (dez por cento) incidente sobre todos os valores obtidos” e “§ 2º – Da renda de cada jogo haverá a dedução de 10% (dez por cento) para FPF” são trechos das regras da competição.

PÚBLICOS

O Estadual contou com uma média de 3.140 torcedores por partida. O duelo com maior público pagante foi a final entre Athletico e Toledo: 25.881 pagantes acompanharam a decisão na Arena da Baixada.

O pódio é formado pelo clássico entre Athletico e Coritiba (15.215 pagantes) e FC Cascavel x Coritiba (9.853), ainda pela Taça Barcímio Sicupira, o primeiro turno da competição.

Já os piores públicos do campeonato foram dominados pelo Foz do Iguaçu e pelo Rio Branco. Confira a lista:

1.o lugar:

Foz do Iguaçu 0 x 0 Operário, pela última rodada da Taça Dirceu Krüger – 48 pagantes.

2.o lugar:

Cascavel CR 1 x 0 Rio Branco, pela primeira rodada da Taça Dirceu Krüger – 110 pagantes.

3.o lugar:

Foz 0 x 0 Toledo, pela terceira rodada da Taça Dirceu Krüger – 129 pagantes. 

4.o lugar:

Cascavel CR 1 x 0 Coritiba – 3.a rodada da Taça Dirceu Krüger – 130 pagantes.

5.o lugar:

Foz 1 x 0 Maringá, pela primeira rodada da Taça Dirceu Krüger – 220 pagantes.

6.o lugar

Cianorte 1 x 0 Cascavel CR, pela segunda rodada da Taça Dirceu Krüger – 245 pagantes.

7.o lugar

Foz 0 x 2 Cascavel CR, pela quarta rodada da Taça Barcímio Sicupira –251 pagantes.

MÉDIA DE PAGANTES

Nenhum clube chegou a marca de 10 mil pagantes por jogo. O Athletico, bicampeão estadual, chegou perto: 9.590.

Atrás dele, o FC Cascavel surpreendeu e ficou com a segunda posição. Média de 4.828 pagantes por partida no Estádio Olímpico Regional.

O Coxa (4.464) Operário (4.219) e Paraná (2.449) fecham os cinco primeiros nessa estatística.

Previous ArticleNext Article