Athletico: Felipão exalta triunfo sobre o Palmeiras, mas mantém cautela sobre título

O experiente comandante afirmou que o Athletico ainda não se firma na briga pelo título do Brasileirão mesmo após o triunfo sobre o líder Palmeiras.

Redação - 03 de julho de 2022, 14:56

(Foto: José Tramontin/athletico.com.br)
(Foto: José Tramontin/athletico.com.br)

Luiz Felipe Scolari reconheceu a importância, mas não entrou no clima de 'oba-oba' após a vitória fora de casa sobre o líder Palmeiras, pela 15ª rodada do Brasileirão. O treinador exaltou o triunfo do Athletico, mas não cravou que o Furacão vá brigar pelo título na competição nacional.

"Enfrentamos uma equipe espetacular, tivemos a capacidade da vitória e estamos brigando naquelas posições que são interessantes para nós. Estamos conseguindo dar bons passos", ressaltou.

"A campanha é muito boa, mas brigar pelo Brasileirão é um pouco mais difícil. Temos equipes mais bem preparadas que a nossa. Não estamos brigando por título, mas por uma recuperação do Athletico em todos os sentidos", completou Felipão. 

Com o resultado, o time paranaense chegou aos 27 pontos, dois a menos que o clube paulista. O Atlético-MG também tem a mesma pontuação, mas fica em terceiro lugar pelo critério de desempate do número de vitórias. O Furacão tem 8 contra 7 do Galo.

Vale lembrar que o Athletico entrou em campo com alguns jogadores titulares poupados diante do Palmeiras. Foi o caso do lateral-direito Khellven, do meia David Terans e do atacante Cuello.

O foco do clube está voltado para as disputas do mata-mata da Libertadores e da Copa do Brasil.

No torneio continental, o Furacão venceu o Libertad por 2 a 1 e agora joga pelo empate no Paraguai. O duelo da volta está marcado para essa terça-feira, às 21h30, no estádio Defensores Del Chaco, em Assunção.

"Uma vitória como essa faz crescer a equipe toda. Todos ficam entusiasmados em trabalhar um pouco mais, pois estão vendo que assim estamos conquistando os resultados. Vamos ver se conseguimos alguma coisa na terça-feira, quando vamos buscar uma classificação na Libertadores", completou Felipão.