São Paulo anuncia Fernando Diniz como técnico, mas Vágner Mancini pede demissão

Vinicius Cordeiro


O São Paulo anunciou que Fernando Diniz é o novo técnico do clube no final da noite desta quinta-feira (26). O técnico de 45 anos, reconhecido por seu estilo de posse de bola, assume após Cuca ter pedido demissão do cargo hoje. Entretanto, Vágner Mancini, coordenador técnico do clube, acabou pedindo demissão após o anúncio oficial de Diniz.

“Acredito, como coordenador, que a diretoria do São Paulo Futebol Clube deve estar livre na tentativa de recuperação do time e do clube para alcançar resultados que a torcida espera e merece. Por isso, comunico meu desligamento do São Paulo. Desejo tranquilidade e leveza no desafio de uma reestruturação e no trabalho da nova comissão técnica”, disse Mancini, em nota.

Já Diniz comemorou a oportunidade no Tricolor. “É um sonho realizado. Estou muito feliz e pronto para este novo desafio na minha carreira. Tenho certeza de que faremos um grande trabalho juntos”, falou ao site oficial do clube.

Diniz já assume a equipe nesta sexta-feira (27), quando terá o primeiro contato com o elenco. Além disso, ele estará no banco de reservas contra o Flamengo. O duelo, pela 22ª rodada do Brasileirão, acontece neste sábado (28), às 19h, no Maracanã.

Também foram contratados o preparador físico Wagner Bertelli e o auxiliar técnico Márcio Araújo, que foi campeão paulista pelo São Paulo em 1985 e campeão brasileiro em 1986.

As atividades desta sexta (28) no CT da Barra Funda já serão dirigidas pelo novo técnico, que será apresentado oficialmente após o treino e viajará com a delegação para o Rio de Janeiro, onde fará a estreia diante do Flamengo no sábado (28), às 19h, no Maracanã, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

PASSAGEM PELO FLU

Diniz comandou o Fluminense por 44 jogos. Foram 18 vitórias, 15 empates e 11 derrotas, com 71 gols a favor e 48 sofridos. O aproveitamento foi de 49,2%.

Quando ele acabou demitido, os cariocas estavam na 18ª posição na tabela do Brasileirão, já na luta contra o rebaixamento.

fernando diniz são paulo
Divulgação / São Paulo

Diniz demitido do Fluminense no dia 19 de agosto, após a derrota para o CSA. No Flu,

Previous ArticleNext Article