Fifa escolhe policial holandês como árbitro de vídeo em Brasil e Costa Rica

Francielly Azevedo


A Fifa confirmou nesta quinta-feira (21) o holândes Danny Makkelie como árbitro de vídeo no duelo entre Brasil e Costa Rica. O jogo acontece nesta sexta-feira (22), às 9h (de Brasília), em São Petesburgo, pela segunda rodada do Grupo E da Copa do Mundo.

Makkelie é policial na Holanda e está em sua primeira Copa como árbitro. Na Rússia ele atuará apenas como árbitro de vídeo, por estar habituado com tecnologia. O Campeonato Holandês já utiliza o recurso do Video Assistant Referee (VAR).

O holandês será auxiliado por Artur Dias Soares, de Portugal, Joe Fletcher, do Canadá, e Mark Geiger, dos Estados Unidos.

O trio de arbitragem em campo também é da Holanda. Bjorn Kuipes comanda o confronto, auxiliado por Sander Van Roekel e Erwin Zeinstra.

RECLAMAÇÃO DA CBF

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) chegou a formalizar uma reclamação junto à Fifa em relação ao gol sofrido pelo Brasil no empate em 1 a 1 com a Suíça. O atacante suíço que marcou o gol empurrou o zagueiro Miranda na área e o recurso de vídeo não foi utilizado para rever o lance.

A CBF também questionou a não marcação de um pênalti em Gabriel Jesus, na segunda etapa do duelo.

A Fifa respondeu e disse que os lances foram revistos pelo VAR e nenhuma irregularidade foi constatada. Além disso, negou a divulgação dos diálogos via rádio entre o árbitro principal, o mexicano César Ramos, e os responsáveis pelo VAR.

Previous ArticleNext Article
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.
[post_explorer post_id="531616" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]