Final da Primeira Liga: Londrina depende de ‘boa vontade da CBF’, diz gestor

Francielly Azevedo


O Londrina pediu para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a mudança de data da partida contra o Criciúma, em Santa Catarina, no dia 7 de outubro (sábado), às 16h30 (horário de Braspilia) pela Série B. O motivo é a disputa do título da Copa Primeira Liga agendado para 8 de outubro, às 19h30, no Estádio do Café. O problema é que CBF e Primeira Liga tem uma rixa travada desde o início do torneio independente.

O Tubarão conquistou a vaga para a final da Primeira Liga ao vencer o Cruzeiro nos pênaltis. Desde então, de acordo com o gestor do LEC, Sérgio Malucelli, o clube traçou planos para uma alteração nas datas, tendo em vista que para o Tubarão seria inviável disputar dois jogos em pouco mais de 24h. A primeira alternativa foi fazer a solicitação a CBF, verificando a possibilidade de o jogo com o Criciúma ser alterado para terça-feira, dia 3.

Questionado pela reportagem do Paraná Portal sobre a negativa da CBF, que já teria ocorrido, o gestor negou e disse que não há nada definido.

“Nós estamos conversando ainda, não depende só da Primeira liga, tem a boa vontade da CBF também que tem essa rixa com a Primeira Liga. Nós fizemos o pedido e estamos aguardando o posicionamento da Confederação, que deve sair, possivelmente, hoje”, afirmou Malucelli.

O jogo entre Criciúma e Londrina é válido pela 28ª rodada da segunda divisão. A tabela, com horários, datas e locais, foi divulgada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no último dia 27/07. Nela estão os confrontos detalhados da 20ª até a 30ª rodada. O documento oficial foi elaborado pela Diretoria de Competições da CBF.

Atlético-MG

Caso a CBF não ceda, a nova data cogitada para Final da Primeira Liga entre Londrina e Atlético-MG seria o dia 4 de outubro (quarta-feira). Para o Galo a alteração não afetaria o calendário, já que que no dia primeiro a equipe mineira enfrenta o Atlético-PR, em Curitiba, às 19h, pela 26ª rodada do Brasileirão.

O compromisso seguinte dos mineiros está agendado apenas para o dia 11 de outubro, em função da pausa do Campeonato Brasileiro para as Eliminatórias da Copa do Mundo.

Queda de braço

A Primeira Liga é formada, atualmente, por 18 times brasileiros que disputam o campeonato entre si, independentes da CBF. O torneio, por exemplo, não possui comissão de arbitragem e nem Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) vinculados a Confederação, que já tentou impedir a realização da competição.

As discussões em relação a calendário, entre CBF e Primeira Liga, acontecem desde o início. Para este ano, a Confederação chegou a sugerir que os times participantes da Copa Libertadores não disputassem a Liga independente. Em contrapartida, a Primeira Liga defendeu que os Estaduais dos times integrantes tivessem menos datas. A CBF diminuiu apenas uma data das competições locais.

Essa é a segunda edição da Primeira Liga, que no ano passado teve o Fluminense como campeão.

Atlético e Coritiba desistiram da competição

A dupla Atletiba ajudou a fundar a Primeira Liga em 2015. Porém, após divergências com os demais clubes, os dois times paranaenses se desligaram do projeto, no dia 22 de novembro do ano passado. O motivo das discordâncias seria a divisão das cotas de televisão.

Integrantes da Primeira Liga

  • Grêmio
  • Internacional
  • Avaí
  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • Joinville
  • Paraná Clube
  • Atlético Mineiro
  • Cruzeiro
  • América-MG
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Ceará
  • Atlético-GO
  • Londrina
  • Luverdense
  • Brasil de Pelotas

Previous ArticleNext Article
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.
[post_explorer post_id="455887" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]