Autor de dois gols, Nikão já disse que não iria mais bater pênalti pelo Athletico

Pedro Melo

Nikão gol pênalti Flamengo Athletico Copa do Brasil

O atacante Nikão marcou os dois primeiros gols do Athletico na semifinal da Copa do Brasil contra o Flamengo, sendo o primeiro em cobrança de pênalti. Mas o jogador já disse que nunca mais iria cobrar penalidades máxima enquanto vestisse a camisa do Furacão.

Isso aconteceu em 2017, quando Nikão perdeu pênalti na derrota do Athletico contra o Corinthians pelo Campeonato Brasileiro. Ele já havia desperdiçado penalidades máximas no clássico contra o Coritiba e diante do Cruzeiro, na Primeira Liga de 2016.

Por isso, o atacante afirmou que nunca mais bateria pênalti pelo Rubro-Negro. “É triste, complicado, mas nosso time se impôs do começo ao fim, criamos as melhores oportunidades. Errei. A partir de hoje não bato mais pênalti pelo Athletico enquanto estiver aqui”, afirmou, em entrevista ao SporTV na época.

Nikão voltou a bater pênalti pelo Athletico somente anos depois e deixou para trás a fala dita em 2017. Na atual temporada, o atacante já garantiu na penalidade máxima a vitória do Furacão sobre o América de Cali por 1 a 0, pelas oitavas de final da Sul-Americana.

NIKÃO JÁ APARECE COM UM DOS MAIORES ÍDOLOS DA HISTÓRIA DO ATHLETICO

Nikão chegou ao Athletico em janeiro de 2015 e precisou de mais de 45 dias até estrear na derrota para o Foz do Iguaçu por 1 a 0, em 26 de fevereiro. O primeiro gol com a camisa do Furacão aconteceu apenas em maio do mesmo ano, na goleada por 5 a 0 sobre o Nacional, pelo Torneio da Morte do Campeonato Paranaense.

Em sete temporadas, Nikão marcou quase 50 gols e já entrou para a história como um dos maiores ídolos da história do Athletico. O camisa 11 conquistou os títulos da Sul-Americana de 2019, da Copa do Brasil de 2018, da Levain Cup de 2019 e dos Paranaenses de 2016 e 2020.

Além disso, o atacante é o artilheiro do Rubro-Negro na história da Sul-Americana, com oito gols, e recordista de jogos pelo Furacão na Libertadores (21). Ele tem contrato somente até o final da temporada, já deu indícios de despedida, mas ainda pode conquistar mais dois títulos: Sul-Americana e Copa do Brasil.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="799722" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]