Athletico segura pressão do Flamengo e decide em casa vaga na semi da Copa do Brasil

Com o empate no Maracanã, o Furacão precisa de uma vitória simples para se classificar. Em caso de nova igualdade, a decisão vai para os pênaltis

Pedro Melo - 27 de julho de 2022, 23:27

(Divulgação/Athletico)
(Divulgação/Athletico)

O Athletico segurou a forte pressão do Flamengo, ficou no empate em 0 a 0 e vai decidir em casa a vaga na semifinal da Copa do Brasil. O goleiro Bento foi o grande herói da noite ao fazer grandes defesas durante os 90 minutos.

Com o empate no Maracanã, o Furacão precisa de uma vitória simples para se classificar. Em caso de nova igualdade, a decisão vai para os pênaltis.

A segunda partida entre Athletico e Flamengo acontece somente no dia 17 de agosto, às 21h30, na Arena da Baixada.

ATHLETICO ADOTA POSTURA DEFENSIVA NO PRIMEIRO JOGO DAS QUARTAS DE FINAL DA COPA DO BRASIL

Com três zagueiros e o meio-campo reforçado, o Athletico encontrou dificuldades para sair do campo de defesa no primeiro tempo e sofreu com a pressão do Flamengo. A primeira chance da partida foi aos 11 minutos, quando Pedro recebeu cruzamento de Filipe Luís, desviou de letra, mas parou na defesa de Bento.

Aos 20, Gabigol chutou cruzado da entrada da área e Bento mais uma vez salvou. E aos 31, o atacante flamenguista teve mais uma chance, mas chutou por cima do gol.

Do outro lado, o Furacão só finalizou pela primeira vez nos acréscimos. David Terans armou a jogada individualmente e encontrou Fernandinho dentro da área. O volante finalizou com força e mandou pela linha de fundo.

O segundo tempo iniciou da mesma maneira com pressão total do Flamengo para cima do Athletico. Aos seis minutos, De Arrascaeta cobrou escanteio na primeira trave, Pedro cabeceou no canto esquerdo e a bola bateu na trave. Na sequência, De Arrascaeta foi quem apareceu na área, mas mandou de cabeça para fora.

Ao longo da etapa final, Felipão trocou a dupla de frente com as entradas de Vitinho e Marcelo Cirino. Porém, os dois jogadores pouco tocaram na bola e a pressão flamenguista seguiu intensa. Aos 22 minutos, Gabigol chutou colocado de entro da área, Bento não alcançou, mas Khellven salvou em cima da linha. E aos 26, o centroavante soltou uma bomba de quase da marca do pênalti e a bola explodiu o travessão.

Nos minutos finais, o Flamengo rondou a área do Athletico, apostou nos cruzamentos, mas não levou mais perigo para Bento. Do outro lado, o Furacão quase marcou o gol na bola parada. Aos 47, Erick subiu mais alto que a defesa e cabeceou muito perto da trave.

Praticamente no último lance, o zagueiro David Luiz foi expulso por reclamar com o árbitro após cometer falta em Vitinho.

FICHA TÉCNICA - FLAMENGO 0X0 ATHLETICO

Data, horário e local: quarta-feira (27), às 21h30, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

Flamengo: Santos; Rodinei, David Luiz, Léo Pereira e Filipe Luis (Ayrton Lucas); Thiago Maia, João Gomes (Vidal), Éverton Ribeiro (Everton Cebolinha) e De Arrascaeta; Gabigol e Pedro. Técnico: Dorival Júnior.

Athletico: Bento; Nico Hernández, Thiago Heleno (Matheus Felipe) e Pedro Henrique; Khellven, Hugo Moura, Erick, Fernandinho (Léo Cittadini) e Abner; David Terans (Vitinho) e Tomás Cuello (Marcelo Cirino). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Cartões amarelos: Bento, Erick, Fernandinho e Léo Cittadini (CAP); Gabigol, Thiago Maia, De Arrascaeta e Léo Pereira (FLA).

Cartão vermelho: David Luiz (FLA).

Público e renda: 59.564 pagantes/65.271 presentes/R$ 4.174.455,00.

Arbitragem: Luiz Flávio de Oliveira (SP), auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP). O VAR é Wagner Reway (MT), com assistência de Cleriston Clay Barreto Rios (SE).