Flamengo bate Barcelona de Guayaquil e segue invicto na Libertadores

Jorge de Sousa

Everton Ribeiro - Flamengo - Barcelona de Guayaquil - Copa Libertadores

Em mais uma partida tranquila, o Flamengo derrotou o Barcelona de Guayaquil por 3 a 0 na noite desta quarta-feira (11), mantendo sua invencibilidade em busca do bicampeonato da Copa Libertadores da América.

Gustavo Henrique, Gabigol (em cobrança de pênalti) e Bruno Henrique marcaram os gols da vitória do Flamengo.

O duelo foi realizado no Maracanã, no Rio de Janeiro, contando com 63.426 torcedores presentes.

O Flamengo está no Grupo A da Copa Libertadores, que além do Barcelona de Guayaquil ainda conta com o Independiente del Valle e o Junior Barranquilla.

EM BUSCA DE TAÇAS

O Flamengo terá até o mês de abril uma série de três jogos pelo Campeonato Carioca e mais uma partida da Copa Libertadores da América.

No torneio continental, o Flamengo viaja para encarar o Independiente del Valle na próxima quinta-feira (19).

Já pela Taça Rio, os rubro-negros buscam manter a invencibilidade nos duelos contra Portuguesa (em casa), Bangu (fora) e Boavista (em casa). Vale lembrar que o Flamengo foi o campeão da Taça Guanabara.

HOJE TEVE GOL DO GABIGOL

Gabigol - Flamengo - Barcelona de Guayaquil - Copa Libertadores
Gabigol comemora seu 11° gol na temporada. O atacante participou de mais da metade dos gols da equipe em 2020. (Alexandre Vidal/Flamengo)

A primeira chance de jogo foi do Barcelona aos sete minutos. Fidel Martínez bateu falta da entrada da área e Diego Alves voou para espalmar.

O Flamengo respondeu com Bruno Henrique no minuto seguinte. Rafinha lançou Everton Ribeiro, que cruzou rasteiro para a chegada do atacante. Mas Bruno Henrique bateu desequilibrado e mandou à esquerda da meta.

Mendoza salvou grande chance de gol do Flamengo aos 26 minutos. Após bate rebate na pequena área, Everton Ribeiro cabeceou firme o goleiro fez bela intervenção.

Mas aos 37 minutos o Flamengo conseguiu abrir o placar. Everton Ribeiro cruzou da direita e Gustavo Henrique ganhou pelo alto para cabecear firme.

Aos 43 minutos, Léo Pereira escorou de cabeça e a bola explodiu no braço aberto de Jonatan Alvez. O árbitro assinalou a penalidade e Gabigol deslocou Mendoza, batendo firme no canto esquerdo.

O Flamengo matou o jogo aos sete minutos. Arrascaeta cobrou escanteio da esquerda no primeiro poste e Bruno Henrique escorou firme para balançar as redes.

Diego Alves fez grande defesa para manter a defesa do Flamengo zerada. Aos 31 minutos, Montaño apareceu livre na pequena área e finalizou firme no canto esquerdo, mas parou em boa intervenção do arqueiro.

Previous ArticleNext Article