Flamengo empata com Chapecoense e vê título brasileiro mais distante

Jorge de Sousa

Flamengo empata com Chapecoense e vê título brasileiro mais distante

Flamengo e Chapecoense empataram por 2 a 2 na noite desta segunda-feira (8) e a equipe carioca ficou mais distante da briga pelo título do Campeonato Brasileiro.

Matheuzinho abriu o placar para o Flamengo, Kaio Nunes virou para a Chape e Michael empatou a partida na Arena Condá, em Chapecó.

O empate deixou o Flamengo com 54 pontos, 11 abaixo do líder Atlético-MG, embora a equipe carioca tenha um jogo a menos que o rival no Campeonato Brasileiro.

Já a Chapecoense segue em situação praticamente irreversível de rebaixamento, tendo somado apenas 15 pontos em 31 jogos na competição.

A Chapecoense já atuou pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro e por isso volta a campo apenas no fim de semana, enquanto o Flamengo recebe o Bahia, no Maracanã, às 19h da quinta-feira (11).

FLAMENGO NÃO APROVEITA VANTAGEM NUMÉRICA NA ARENA CONDÁ

A primeira chegada de perigo da partida foi criada pela Chapecoense. Aos minutos, Mike avançou pela direita e cruzou rasteiro para Henrique Almeida, mas a finalização saiu por cima da meta.

A resposta do Flamengo veio aos 21 minutos. João Gomes deu lançamento na área para Gabriel, que na saída do goleiro tocou por cima de Keiller, com a bola saindo por cima da travessão.

O Flamengo abriu o placar aos 25 minutos. Matheuzinho invadiu a área pela direita e bateu cruzado no canto esquerdo para balançar as redes.

A Chapecoense conseguiu empatar aos 30 minutos. Mike cruzou da direita, a zaga não conseguiu cortar e Kaio Nunes empurrou a bola para o gol.

Keiller salvou a Chapecoense aos 33 minutos. Everton Ribeiro cobrou falta da direita e Bruno Henrique testou firme, mas o goleiro foi ágil para fazer a defesa sem dar rebote.

A virada Chapecoense chegou aos 34 minutos. Anderson Leite cruzou da direita e Kaio Nunes apareceu livre para testar no canto esquerdo de Gabriel Batista.

Michael empatou para o Flamengo ainda no primeiro tempo. Aos 40 minutos, Gabriel encontrou o atacante na área, que limpou a marcação e bateu cruzado para vencer Keiller.

A Chapecoense ficou com dez jogadores em campo aos 13 minutos do segundo tempo. Kaio Nunes cometeu falta por trás em Everton Ribeiro no meio campo, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso pelo árbitro Denis da Silva Ribeiro Serafim.

Everton Ribeiro ficou perto de colocar o Flamengo na frente do placar aos 15 minutos. O meia cobrou falta da intermediária direto para o gol e Keiller se esticou para espalmar, com Rodrigo Caio ‘furando’ na tentativa de rebote.

Nova intervenção de Keiller aos 17 minutos. Bruno Henrique encontrou Gabriel na área e o centroavante finalizou cruzado para o goleiro defender.

Bruno Silva teve grande chance para dar a vitória para a Chapecoense aos 41 minutos. O atacante foi lançado na área, fintou Gabriel Batista, mas errou a finalização.

Aos 43 minutos, Everton Ribeiro disputou bola no meio campo e entrou de sola contra Alan Santos. Denis da Silva Ribeiro Serafim expulsou o meia de forma direta.

LEIA MAIS: Athletico anuncia a contratação do volante Pablo Siles, primeiro reforço para 2022

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="802170" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]