Torcida do Flamengo faz história em embarque do time rumo à final da Libertadores

Vinicius Cordeiro

flamengo final libertadores embarque river plate torcida embarque

O Flamengo embarca para a final da Libertadores nesta quarta-feira (20) e a torcida vai fazendo história na despedida da delegação. O clube disputa, contra o River Plate, o título da maior competição do continente após 38 anos. A final está marcada para esse sábado (23), às 17h (horário de Brasília), no estádio Monumental de Lima, no Peru. Quem vencer, vai disputar o Mundial de Clubes, em dezembro, nos Emirados Árabes.

Milhares de pessoas foram ao CT Ninho do Urubu desde o período da manhã para apoiar os jogadores de comissão técnica do clube. Até o diretor de futebol, Marcos Braz, foi saudado pelos flamenguistas. Os ônibus saíram do CT por volta das 13h e chegaram ao Aeroporto do Galeão às 14h05. O voo para Lima está previsto para às 15h30 e a previsão de chegada é por volta das 21h.

Vale lembrar que hoje é feriado no Rio de Janeiro por conta do Dia da Consciência Negra.

Para a partida, o Fla terá o time completo: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Mari e Filipe Luís; Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol.

GRITOS E CANTOS  DO FLAMENGO

Na chegada ao Galeão, o ônibus do Flamengo teve que manobrar para evitar a colisão com um carro. (Reprodução / SporTV e Globoesporte.com)

Por enquanto, quem tem mais mortal é Jorge Jesus. O técnico português tem seu nome gritado em todos os jogos e é o personagem mais lembrado: “olê mister”.

“Festa da Favela”, “Mengão do meu coração”, e “Mengo” são outros cantos entoados pela multidão de torcedores.

Veja fotos e vídeos do embarque do Fla rumo à final da Libertadores:

Torcida lotou a porta do CT do Ninho do Urubu. (Alexandre Vidal / Flamengo)

Na reta final, o ônibus com a delegação do Fla teve problemas no Galeão. Uma grade cedeu e vários torcedores invadiram um espaço do aeroporto. (Reprodução / SporTV)

RIVER PLATE: DE OLHO NA FINAL DA LIBERTADORES

Quem também embarcou para Lima, no Peru, foi o River Plate. O time argentino, comandado por Marcelo Gallardo teve uma saída mais discreta de Buenos Aires.

Assista:

Previous ArticleNext Article