Flamengo tem mais quatro jogadores, Domènec e Landim com Covid-19

Léo Burlã - Folhapress


LEO BURLÁ E PEDRO IVO ALMEIDA
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) – O técnico Domènec Torrent foi mais um a testar positivo para o novo coronavírus e engrossar a lista de infectados no Flamengo. O presidente Rodolfo Landim foi mais um caso confirmado.

Confirmada pela reportagem, a informação foi revelada pela ESPN. Thuler, Renê, Everton Ribeiro e Gabriel Batista também testaram positivo. Existe a suspeita de que Rodrigo Caio também esteja infectado, mas o clube aguarda a contraprova do zagueiro.

Ao todo, o Rubro-Negro soma 17 casos confirmados oficialmente de coronavírus, sendo 11 jogadores -Isla, Matheuzinho, Filipe Luís, Diego, Bruno Henrique, Michael, Everton Ribeiro, Vitinho, Gabriel Batista, Renê e Thuler- e mais dois de integrantes do departamento, o médico Márcio Tannure e o ex-zagueiro Juan, além de Marcos Braz, Dome, Landim e Bap, vice de relações externas.

Com tantos casos, o clube enviou um ofício à CBF pedindo o adiamento da partida contra o Palmeiras marcada para domingo (27), pelo Campeonato Brasileiro, no Allianz Parque. O pleito ainda não foi respondido pela entidade.

No documento, a cúpula rubro-negra indica, além de um prejuízo técnico diante do alto número de desfalques, o risco também de novos casos nos próximos dias, uma vez que a delegação esteve junta durante a passagem pelo Equador, onde houve os confrontos com o Independiente del Valle e Barcelona de Guayaquil, pela Libertadores.

A CBF entende que há tempo para recuperação e que o Fla tem elenco para superar o problema. A delegação rubro-negra fará uma nova bateria de exames na sexta (25), com os resultados saindo um dia depois. Até que isso ocorra, a chance de mudança de data é mínima.

Previous ArticleNext Article