Flamengo vence Barcelona e se aproxima da final da Libertadores

Jorge de Sousa

Flamengo vence Barcelona e se aproxima da final da Libertadores

O Flamengo venceu o Barcelona de Guayaquil por 2 a 0 na noite desta quarta-feira (22) e ficou próximo de retornar a final da Copa Libertadores da América.

Bruno Henrique marcou os dois gols do duelo realizado no Maracanã, no Rio de Janeiro, com a presença de cerca de 23 mil torcedores no estádio.

Mesmo derrotado por um gol de diferença no jogo da volta, na próxima quarta-feira (29), em Guayaquil, o Flamengo garante a vaga na final da Libertadores.

O Barcelona precisa vencer por três gols de diferença para levar a vaga no tempo normal, enquanto vitória dos equatorianos por 2 a 0 leva a decisão para as penalidades.

BRUNO HENRIQUE BRILHA EM RETORNO AO FLAMENGO

A primeira chance de gol da partida foi criada pelo Barcelona de Guayaquil aos seis minutos. Damián Díaz bateu escanteio da direita e Mastriani finalizou para boa defesa de Diego Alves. No rebote, Preciado chegou para nova intervenção do goleiro.

Diego Alves voltou a salvar o Flamengo aos dez minutos. Martínez lançou Castillo na área e o atacante finalizou cruzado para o goleiro espalmar.

O Flamengo respondeu aos 15 minutos. Everton Ribeiro finalizou da entrada da área, a bola resvalou na marcação e Burral conseguiu se esticar para evitar o gol.

Bruno Henrique abriu o placar para o Flamengo aos 22 minutos. Gabriel cruzou da direita e o atacante apareceu livre na área para testar para o fundo das redes.

Mastriani teve chance clara para empatar o jogo aos 25 minutos. O atacante foi lançado por Preciado e tentou a batida de primeiro, errando por pouco o canto direito.

Só que foi o Flamengo quem marcou de novo aos 37 minutos. Vitinho foi lançado na direita e cruzou na medida para Bruno Henrique completar para o gol.

A situação complicou de vez para o Barcelona aos 46 minutos. Molina acertou carrinho em Bruno Henrique no meio de campo, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Diego Alves apareceu novamente no primeiro minuto do segundo tempo. Damián Díaz bateu escanteio pela direita e Carcelén testou firme para o goleiro espalmar.

Burral evito o terceiro gol do Flamengo aos três minutos. Isla cruzou da direita e Vitinho testou para o chão, parando em boa defesa do goleiro com o pé.

O Flamengo chegou a ficar com dez jogadores aos 43 minutos. Léo Pereira acertou o cotovelo no rosto de León e foi expulso de forma direta do campo.

LEIA MAIS: Flamengo e Fortaleza decidem em casa as semis da Copa do Brasil contra Athletico e Atlético-MG

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="791902" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]