Flamengo vence Cabofriense pela primeira rodada da Taça Rio

Jorge de Sousa

Michael - Flamengo - Cabofriense - Campeonato Carioca - Taça Rio

Após vencer a Taça Guanabara, o Flamengo estreou com vitória na Taça Rio ao bater a Cabofriense por 4 a 1 na noite deste sábado (29), mantendo a invencibilidade da equipe titular na temporada.

Mesmo com mando da Cabofriense, o duelo foi realizado no Maracanã, no Rio de Janeiro.

Michael e Gabigol (três vezes) marcaram os gols do Flamengo, enquanto Gama anotou o gol da Cabofriense.

O Flamengo está no Grupo A da Taça Rio junto do Botafogo, do Bangu, Boavista e Portuguesa. Os dois primeiros da chave avançam para as semifinais, quando podem cruzar com Vasco e Fluminense.

LIBERTADORES VAI COMEÇAR

O caminho para o bicampeonato da Copa Libertadores para o Flamengo começa nesta quarta-feira (4). O primeiro compromisso da equipe é fora do Maracanã.

O Flamengo encara o Junior Barranquilla no Metropolitano Roberto Meléndez, em Barranquilla, na Colômbia.

Assim como o Junior Barranquilla também estão no Grupo A com o Flamengo as equipes equatorianas do Barcelona de Guayaquil e do Independiente del Valle.

A equipe de Sangolquí recentemente foi derrotada pelo Flamengo na disputa pelo título da Recopa Sul-Americana.

GABIGOL (MAIS UMA VEZ) DECISIVO

Gabigol - Flamengo - Cabofriense - Campeonato Carioca - Taça Rio
Três gols e a virada do placar saíram dos pés de Gabigol no Maracanã. (Alexandre Vidal/Flamengo)

O Flamengo conseguiu abrir o placar logo aos 12 minutos de jogo. Pedro Rocha lançou Gabigol, que na saída de George finalizou de cavadinha. O chute saiu curto e Michael empurrou para o fundo das redes.

Mas a Cabofriense empatou o duelo em sua primeira chegada ao ataque. Felipe Adão avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para o meio da área. Gama apareceu sozinho e finalizou firme para o gol.

Nos acréscimos do primeiro tempo o Flamengo quase buscou a liderança do placar. Primeiro Gabigol serviu Michael, que chutou torto cara a cara com George. Na sequência, Michael novamente recebeu boa bola na área, mas dessa vez, George evitou o gol com boa defesa no chute cruzado.

George salvou a Cabofriense logo aos dois minutos da segunda etapa. Gabigol novamente atuou como armador e lançou Pedro Rocha na área, mas novamente o goleiro cresceu contra o atacante e conseguiu espalmar.

A Cabofriense perdeu grande chance aos quatro minutos. Matheus Dantas e Renê se atrapalharam na saída de bola e Léo Aquino ficou livre na área, mas na hora da finalização chutou fraco e César fez simples defesa.

Gabigol teve grande chance para balançar as redes aos 17 minutos. Michael foi lançado por Pedro e levantou na medida para o centroavante, que da pequena área mandou por cima da meta.

Mas no minuto seguinte o camisa 9 não perdoou. Michael fez bela jogada individual na direita, passando por dois marcadores e cruzou para a chegada de Gabigol na entrada da área. O atacante pegou firme para tirar de George e colocar o Flamengo a frente no marcador.

Aos 31 minutos, Michael puxou contra-ataque e encontrou Diego na entrada da área. O meia deu boa passe para Gabigol, que frente a frente com George só deu um tapa na bola para tirar do goleiro e ampliar o marcador.

Vitinho ficou perto de transformar o placar em goleada, mas a trave parou o atacante duas vezes aos 41 e 42 minutos. Só que na volta seguinte do ponteio, Vitinho buscou Diego, que mais uma vez achou Gabigol na área e o atacante bateu firme na saída de George.

Previous ArticleNext Article