Flamengo vence Chapecoense no primeiro jogo após ‘Era Ceni’

Jorge de Sousa

Flamengo vence Chapecoense no primeiro jogo após 'Era Ceni'

O Flamengo venceu a Chapecoense por 2 a 1 na noite deste domingo (11), na primeira partida após a demissão de Rogério Ceni do comando técnico da equipe.

Sem Ceni, Maurício de Souza comandou a equipe de forma interina, embora a diretoria já tenha anunciado Renato Gaúcho como novo treinador do futebol profissional.

Perotti abriu o placar para a Chapecoense, mas Arrascaeta e Michael viraram para o Flamengo no jogo realizado no Maracanã, válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, sem presença de público, devido a pandemia da Covid-19.

A vitória deixou o Flamengo com 15 pontos em nove jogos disputados, enquanto a Chapecoense segue na zona de rebaixamento com quatro pontos ganhos em 11 partidas.

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo (18). A Chapecoense recebe o Cuiabá, na Arena Condá, às 11h, enquanto o Flamengo viaja para duelar contra o Bahia, em Pituaçu, às 18h15.

FLAMENGO BUSCA VIRADA EM QUATRO MINUTOS NO SEGUNDO TEMPO

Como era de se esperar, o Flamengo começou melhor a partida e criou boa chance, logo aos seis minutos. Filipe Luís avançou pela esquerda e encontrou Pedro na área, com o centroavante tocando de letra para Thiago Maia finalizar e João Paulo defender em dois tempos.

O Flamengo reclamou de um pênalti não marcado aos 21 minutos. Isla cruzou da direita e Pedro foi puxado por Derlan na área, mas o árbitro Paulo Cesar Zanovelli mandou o jogo seguir.

Nova chance criada pelo Flamengo aos 27 minutos. Everton Ribeiro tentou tabelar com Isla, a defesa cortou parcialmente e o meia pegou o rebote, finalizando por cima da meta.

Diego Alves evitou o gol da Chapecoense aos 30 minutos. Léo Pereira errou na saída de bola e Anselmo Ramon serviu Fabinho na pequena área, mas o goleiro conseguiu espalmar a finalização cruzada.

A resposta do Flamengo veio aos 33 minutos. Arrascaeta fez bela jogada individual e após dividida no ataque, a bola sobrou para Thiago Maia finalizar perto do travessão.

João Paulo voltou a aparecer aos 39 minutos. Pedro foi acionado na área e arriscou chute cruzado para o goleiro espalmar a bola pela linha de fundo.

Nova defesa do goleiro da Chapecoense aos seis minutos. Arrascaeta cobrou escanteio da esquerda e Gustavo Henrique testou firme no canto direito para João Paulo espalmar.

A Chapecoense respondeu aos oito minutos. Lima bateu escanteio da esquerda, Anderson Leite resvalou no primeiro poste, mas Filipe Luís conseguiu fazer o corte na pequena área.

Arrascaeta ficou perto de abrir o placar aos dez minutos. O meia recebeu na lateral da área, puxou para o meio e finalizou cruzado, rente ao poste esquerdo.

João Paulo seguiu inspirado aos 13 minutos. Everton Ribeiro cruzou da direita e Pedro apareceu livre para testar no canto esquerdo, parando novamente no goleiro.

Só que foi a Chapecoense quem conseguiu abrir o placar aos 21 minutos. Busanello bateu falta da entrada da área, Diego Alves não conseguiu encaixar a bola e Perotti empurrou para as redes no rebote.

Michael perdeu chance incrível para empatar o jogo aos 23 minutos. Arrascaeta deu belo passe nas costas da zaga para o atacante, que cara a cara com João Paulo, chutou em cima do goleiro. No rebote, Pedro ainda foi travado na pequena área.

Mas o Flamengo contou com Arrascaeta para buscar o empate. Aos 32 minutos, Isla cruzou da direita, a bola passou pela entrada da área e Arrascaeta finalizou colocado no canto direito.

A virada do Flamengo veio aos 36 minutos. Michael aproveitou sobra na entrada da área, fintou três marcadores e o goleiro, rolando rasteiro para o fundo das redes.

A Chapecoense teve boa chance para empatar o jogo aos 40 minutos. Willian Arão errou na saída de bola e Kaio Nunes disparou para a área, finalizando para Diego Alves espalmar. No rebote, Foguinho finalizou com perigo por cima da meta.

LEIA MAIS: Conmebol libera público nos estádios da Libertadores e da Sul-Americana

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="774999" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]